Segurança

Lojas de armas e estandes de tiros são alvos da PF em operação que investiga desvio de armamentos no ES

COMPARTILHE
644
Advertisement
Advertisement

Policiais federais, rodoviários federais e guardas civis de Vitória, Vila Velha e Serra, realizaram na manhã desta quinta-feira (26) a Operação Silhueta, ação que tem como objetivo barrar a venda de armas e munições de forma ilegal. Os alvos desta operação foram proprietários de lojas de armas de fogo e estandes de tiros. 

Advertisement
Continua depois da publicidade

Ao todo, os agentes cumpriram um mandado de prisão preventiva e cinco de busca e apreensão em Vitória, além de um mandado de busca e apreensão na Serra. 

As investigações tiveram início na Delegacia de Repressão aos Crimes Patrimoniais da Polícia Federal depois que os investigadores notaram desvios no comércio de armas e munições, no Espírito Santo.

Os investigados usavam nomes de clientes já cadastrados de forma regular para vender armamentos para outras pessoas, de forma irregular. 

Continua depois da publicidade

A partir daí, lançavam a compra de uma quantidade de munições em nome do cliente, embora aquela pessoa nunca tenha feito aquisição em grande quantidade. 

Na sequência, a loja dava baixa em seu estoque e as munições eram vendidas no mercado clandestino por um valor bem acima do mercado. As investigações apontaram, ainda, para a venda fraudulenta de pistolas semiautomáticas. Eles faziam a adulteração nos números de série para comercializar essas armas sem as devidas documentações.

Advertisement
Advertisement