Safra ES

A história por trás da foto: saiba como ler as reportagens que inspiraram a exposição Mãos que Alimentam

COMPARTILHE
Exposição Mãos que Alimentam Conexão Safra
Foto: Fernanda Zandonadi
104
Advertisement
Advertisement

A mostra fotográfica “Mãos que Alimentam”, em exposição no segundo piso do Shopping Sul em Cachoeiro de Itapemirim, até 13 de maio, traz imagens de produtores rurais e suas culturas. E vai além: por meio do QR Code impresso nos painéis, é possível conhecer a história de cada um desses agricultores que contribuíram para o sucesso dos dez anos da revista Conexão Safra. São casos de superação, transformação e boas ideias que fizeram os campos capixabas serem um dos mais produtivos do país. Basta apontar a câmera do celular para o código e a reportagem que inspirou a imagem será aberta.

Continua depois da publicidade

A ideia da exposição é integrar campo e cidade em um espaço totalmente urbano: o shopping. É o agro mais perto dos seus consumidores. A exposição foi lançada em Vitória no dia 31 de agosto do ano passado. De lá, seguiu para o município de Linhares.

Depois passou por Venda Nova do Imigrante, na premiação do Pio Corteletti, e agora chega à Cachoeiro de Itapemirim, para depois ir para Guaçuí, para encerrar as comemorações dos dez anos da Conexão Safra.

“Em Cachoeiro de Itapemirim, como nos demais locais, queremos mostrar para o público todo o orgulho que a gente tem em conversar com os produtores rurais capixabas e contar suas histórias. Espero que os cachoeirenses gostem”, comenta a editora da “Conexão Safra”, Kátia Quedevez.

Continua depois da publicidade

A exposição tem o apoio da Suzano, Sebrae-ES, Sistema Faes/Senar/Sindicatos, Coopeavi, Cooabriel e Shopping sul.

Serviço:
Exposição fotográfica “Mãos que Alimentam” (Conexão Safra)
De 11 de abril a 13 de maio
Local: Shopping Sul (2º Piso)
Realização Conexão Safra

Advertisement
Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here