Política Regional

Entrevista exclusiva: Deputado Federal Neucimar Fraga (PSD)

COMPARTILHE
Neucimar Fraga
140
Advertisement
Advertisement

Exercendo o seu terceiro mandato na Câmara dos Deputados, Neucimar Fraga (PSD) falou com exclusividade ao AQUINOTICIAS.COM. De Marataízes, onde estava a trabalho, versou sobre a atuação junto à Bancada Federal capixaba em Brasília e sobre os reflexos políticos e econômicos da pandemia, sem deixar de lado o processo eleitoral que se avizinha. O deputado se diz bolsonarista, mas garante que acatará a decisão de seu partido em relação à disputa pela Presidência da República, que tenta emplacar o senador Rodrigo Pacheco. Na eleição para governador, teceu elogios ao governador Renato Casagrande, mas não cravou seu apoio. “Temos que dialogar muito”, disse, lembrando que tem boa relação com todas as candidaturas postas no tabuleiro político capixaba.

Continua depois da publicidade

Confira a entrevista.

AQUNOTICIAS – Deputado, temos um país praticamente polarizado em duas candidaturas à presidência: Lula e Bolsonaro. A terceira via ainda não emplacou, segundo as últimas pesquisas divulgadas pela imprensa. Como o senhor e o seu partido (PSD) vão se posicionar nesse cenário tão dividido?

NEUCINAR FRAGA – O PSD é um partido moderado, que não faz parte do Centrão, mas dá sustentabilidade ao Governo Federal e ao Governo do Estado, aqui na Assembleia Legislativa. O PSD não tem compromisso político com essa polarização, respeitamos as duas candidaturas colocadas, mas, a princípio, temos a candidatura do presidente do Senado, o Rodrigo Pacheco, presidente do Senado Federal.

Continua depois da publicidade

AQUINOTICIAS – Mas a candidatura do Rodrigo Pacheco não está atraindo o eleitorado, segundo as pesquisas.

NEUCIMAR FRAGA – Se até lá (as eleições) ele tiver candidatura, vamos discutir como vamos participar do processo eleitoral. Eu, particularmente, tenho preferência pela candidatura de Bolsonaro, mas vou respeitar a decisão do partido. Uma coisa é certa, no primeiro turno o PSD não caminha com Lula nem com Bolsonaro, mas poderá liberar sua bancada para fazer a construção dos arranjos em cada estado.

AQUINOTÍCIAS – Qual a meta do partido em relação às eleições para o Congresso Nacional?

Advertisement
Continua depois da publicidade

NEUCIMAR FRAGA – Queremos eleger a maior bancada de deputado federal possível em 2022. Nossa meta é eleger de 50 a 60 deputados federais e até 15 senadores. Com isso, vamos ter uma participação muito efetiva em qualquer governo eleito a partir de 2023.

AQUINOTÍCIAS – E aqui no Espírito Santo, o PSD já sabe com quem vai caminhar nas eleições para o governo do Estado?

NEUCIMAR FRAGA – Tenho bom diálogo com o governador Renato Casagrande, há mais de 20 anos o acompanho, tenho também uma boa relação com o ex-governador Paulo Hartung. Os pré-candidatos hoje são todos meus amigos, tem o Manato, o Guerino Zanon, Audifax, Erick Musso. Estamos dialogando.

AQUINOTÍCIAS – Isso significa que o partido ainda não se decidiu por aqui?

NEUCIMAR FRAGA –Tem muita coisa para acontecer até março, onde começa realmente a primeira fase do jogo político. O segundo tempo vai ser a partir de julho e a prorrogação vai ser no segundo turno (risos), ou seja, nós temos várias etapas. Então, vamos ter tempo para dialogar e ver a melhor proposta para o Espírito Santo.

AQUINOTÍCIAS – A pandemia contribuiu muito para essa divisão política no Brasil e nos estados, em especial pela forma como foi conduzida. O Espírito Santo fez bem o dever de casa?

NEUCIMAR FRAGA – O governador Renato Casagrande tem feito um bom governo, tem sido parceiro dos municípios. É bem verdade que é difícil agradar a todos, principalmente, num momento de pandemia, onde todos estavam batendo cabeça e nós tivemos uma polarização entre os que defendiam a economia e aqueles que defendiam a saúde. Ou seja, aqueles que lutavam para manter o comércio e as atividades econômicas funcionando eram acusados de querer matar as pessoas, e quem queria o fechamento era acusado de matar as empresas. Eu não queria ser governante nessa fase da nossa história, sei que é difícil, mas cada um tomou a decisão que aprouve ser a melhor.

AQUINOTÍCIAS – Como o senhor já colocou, tivemos um 2021 difícil.

NEUCIMAR FRAGA – Sim, o ano de 2021 começou com muitas incertezas, muitos desafios, muitas perdas, com os governos batendo cabeça sobre um fenômeno chamado Covid que desafiou a medicina. Mas, graças a Deus, com a participação de todos, o envolvimento da sociedade e o avanço da ciência, chegamos ao final de 2021 com população devidamente vacinada. Só não vacinou até agora quem não quis.

AQUINOTICIAS – Apesar da economia estar patinando, muito em função da pandemia, os números são melhores do que o previam os analistas econômicos. O setor produtivo tem contribuído para isso?

NEUCIMAR FRAGA – O setor produtivo, que gera emprego, renda e receita de impostos em momento nenhum titubeou. Avançou e acreditou. Tenho certeza que vamos começar 2022 com muito mais esperança do que começamos 2021.

AQUINOTÍCIAS – Como o senhor avalia a atuação da bancada e do Governo Federal no combate à pandemia e à erradicação da pobreza?

NEUCIMAR FRAGA – O ano de 2021 foi marcado por conquistas importantes para o Espírito Santo e muita luta da bancada federal. Um deles foi a vacinação da população capixaba, não faltaram recursos para os municípios, nem vacina nos braços dos capixabas. A bancada ajudou a aprovar também leis importantes, como a que garantiu a implementação do novo Auxílio Brasil, com R$ 400,00 para mais de 20 milhões de brasileiros vulneráveis que eram dependentes do Bolsa Família.

AQUINOTICIAS – Especificamente para o Sul do Estado, em relação à Educação, o que foi feito?

NEUCIMAR FRAGA – Na área da Educação, tivemos uma conquista recente, que foi autorização para a implantação do Ifes (Escola Técnica Federal) em Presidente Kennedy. Vai atender também Marataízes e Itapemirim, enfim todo o Litoral Sul.

AQUINOTÍCIAS – Muito se fala na duplicação da BR 101 e na Ferrovia Litorânea, será que agora vai?

NEUCIMAR FRAGA – A BR-101, que era um desafio muito grande, conseguimos agora a liberação para sua duplicação que vai avançar muito forte aqui na Região Sul do Espírito Santo. A Ferrovia Sul Litorânea também começa a sair do papel, garantimos investimento de mais de um bilhão de reais para essa ferrovia. Incluímos ainda no Orçamento Geral da União (OGU) mais de R$ 200 milhões para duas obras importantes, o Contorno do Mestre Álvaro e a rodovia que vai ligar a BR 262 ao Porto de Vila Velha.

 

O deputado Neucimar Fraga (PSD) iniciou a carreira política como vereador, em 2000, em Vila Velha. A seguir, exerceu dois mandatos de deputado federal, de 2003 a 2008, quando deixou o cargo para disputar e vencer as eleições para prefeito de Vila Velha (2009/2012). Em 2019 foi eleito para seu terceiro mandato na Câmara Federal.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here