Cidades

Forte chuva faz com que jacaré “dê as caras” em Muqui; assista o vídeo

COMPARTILHE
Forte chuva faz com que jacaré “dê as caras” em Muqui; assista o vídeo
3650
Advertisement
Advertisement

A forte chuva que atingiu o Sul do Espírito Santo trouxe transtornos para muitos municípios, mas em Muqui, as águas trouxeram um visitante ilustre: um jacaré apareceu em São Gabriel, zona rural do município.

Continua depois da publicidade

O registro foi feito por trabalhadores rurais, que encontraram o animal em uma área alagada, próximo a um pasto. No vídeo, pode ser escutado que os próprios trabalhadores ficaram espantados com o tamanho do réptil.

No vídeo, os trabalhadores rurais amarram o jacaré e colocam um pano tapando seus olhos, para que o animal possa ser devolvido a mata. Mesmo sendo uma atitude de extrema empatia, não é recomendável este tipo de atitude diante de um animal silvestre.

No período de chuvas mais intensas é comum o aparecimento de algumas espécies de animais, sobretudo roedores e algumas serpentes, além de ser um momento mais propício para a reprodução de insetos como cupins, formigas, grilos e baratas d’água, sendo também o principal fator para que estes bichos saiam do seu habitat natural.

Continua depois da publicidade

Em fevereiro deste ano, em Cachoeiro de Itapemirim, por conta da forte chuva, um pirarucu, peixe que geralmente é encontrado na bacia Amazônica, mais especificamente nas áreas de várzea, onde as águas são mais calmas, foi pescado no rio Itapemirim.

De acordo com o pescador, ele foi fisgado no anzol, mas foi necessário a ajuda de mais três pessoas para ajudar a tirá-lo da água. O peixe foi capturado nas margens do rio, no bairro Baiminas e é considerado um dos maiores peixes de águas doces fluviais e lacustres do Brasil.

Continua depois da publicidade

O que fazer ao encontrar um animal silvestre?

Ao encontrar um animal silvestre machucado, ligue imediatamente para o Centro de Controle de Zoonoses de sua cidade. Caso não encontre o número ou não tenha condições de procurá-lo – principalmente em áreas remotas sem acesso à internet de qualidade -, ligue para o 190 e contate a Polícia Militar Ambiental. Não tente oferecer nenhum tipo de ajuda, como água e curativos; tal qual acontece em humanos, a atitude pode apenas piorar o estado de saúde.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here