Política Regional

Entrevista Exclusiva: Deputado Federal Josias Da Vitória (Cidadania)

COMPARTILHE
Josias da Vitória
151
Advertisement
Advertisement

O deputado federal Josias Da Vitória, ou simplesmente Da Vitória, como se tornou conhecido no meio político, esteve em Marataízes nessa semana acompanhando o governador Renato Casagrande na inauguração da 3ª etapa da obra da orla da Praia Central. Na ocasião, concedeu entrevista ao AQUINOTICIAS.COM. Ele falou de algumas realizações do seu mandado e das ações da bancada federal capixaba, da qual é o coordenador, e das perspectivas de desenvolvimento para o Espírito Santo.

Continua depois da publicidade

AQUINOTICIAS – Deputado, sabemos que a bancada federal do Espírito Santo está polarizada entre apoiadores e oposicionistas ao presidente Jair Bolsonaro. Alguns são extremamente críticos e outros defensores ferrenhos do presidente. Como é coordenar uma bancada tão dividida?

DA VITÓRIA – Essa é uma pergunta que eu recebo todo dia. Hoje a bancada federal capixaba é considerada a melhor bancada do Brasil, republicana, salutar e democrática. Quando se fala no Espírito Santo não tem partido, não tem segmento, não tem religião, é o capixaba em primeiro lugar. Nessa linha, temos feito uma construção com nossos senadores e deputados federais. A bancada capixaba se une por unanimidade em todas as ações.

AQUINOTICIAS – E essa união da qual o senhor fala tem dado resultado?

Continua depois da publicidade

DA VITÓRIA – Isso tem resultado em muitas ações de investimentos, estamos tirando o atrasado. Há muito tempo não respeitavam o Espírito Santo. Cito como exemplo o ouro que temos debaixo do nosso solo, que são as 12 bilhões de toneladas de jazidas de sal-gema. Com muita luta nós conseguimos colocar em licitação e 11 blocos foram licitados.

AQUINOTÍCIAS – Explique melhor, por favor.

DA VITÓRIA – Sim, é importante que todos possam conhecer. Nas cidades de Conceição da Barra, Vila Pavão, São Mateus e Ecoporanga temos a maior jazida da América Latina de sal-gema.  Há 50 anos não podíamos explorar porque esses registros pertenciam à Petrobras. Os estados do Nordeste, principalmente o Ceará, com suas bancadas, não permitiam que o Espírito Santo pudesse colocar isso em disponibilidade na Agência Nacional de Mineração (ANM).

Advertisement
Continua depois da publicidade

AQUINOTÍCIAS – Por quê?

DA VITÓRIA – Eles exploram o sal-gema e os maiores consumidores do Brasil, que são Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro, estão mais próximos do nosso Estado. Por isso, eles não deixavam licitar. A bancada comprou a briga e vencemos essa etapa. Já foi licitado e a expectativa é que esse nicho de negócio gere 15 mil empregos naquela região. São recursos que vão transformar não só o Norte do Estado, mas todas as cidades capixabas. As empresas têm três anos para fazer as avaliações técnicas, depois os projetos e a exploração.

AQUINOTÍCIAS – O senhor foi relator no Congresso Nacional do projeto que permitiu manter os incentivos fiscais oferecidos pelo Espírito Santo. Qual a importância desses incentivos para o Estado?  

DA VITÓRIA – Os incentivos necessitam continuar. Conseguimos estender por mais 10 anos. O relatório foi aprovado na íntegra no Senado e sancionado pelo presidente da República, em 28 de setembro, sem nenhum veto. Isso dá ao Estado segurança jurídica para continuar atraindo as grandes empresas e investidores.

AQUINOTÍCIAS – E o Fundo de Desenvolvimento das Atividades Portuárias – Fundap, também foi prorrogado?

DA VITÓRIA – Sim, nesse mesmo projeto inserimos o Fundap até 2032. Isso é uma ação da bancada, pela unidade que nós temos nesse momento.

AQUINOTÍCIAS – Deputado, qual a sua visão das perspectivas econômicas e de desenvolvimento para o Espírito Santo?

DA VITÓRIA – As infraestruturas feitas pelos governos Federal e Estadual vão dar condições para o Espírito Santo ser muito competitivo. Novos portos serão entregues, como o de Aracruz, que já está sendo já executado, e o Porto Central. Das rodovias federais, a 262 vai para licitação. A bancada federal tem cobrado também a BR 101. Tem ainda o contorno do Mestre Álvaro. São ações que fazem com que os olhos dos investidores e empreendedores flertem com o Espírito Santo, para que a gente possa continuar avançando.

AQUINOTÍCIAS – O que esperar do ano 2022?

DA VITÓRIA – Muita paz, muita luz e muitas vitórias.

 Josias Da Vitória cumpriu três mandatos consecutivos na Assembleia Legislativa, de 2009 a 2018, pelo PDT. Em 2019, migrou para Cidadania. Nesse mesmo ano foi eleito para a Câmara Federal.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here