Cidades

Curso de empreendedorismo feminino é realizado em Bom Jesus do Norte

COMPARTILHE
Curso de empreendedorismo feminino é realizado em Bom Jesus do Norte
94
Advertisement
Advertisement

Com o objetivo de estimular o empreendedorismo feminino, foi realizado na última semana, o curso “Mulheres em campo”, em Bom Jesus do Norte. A iniciativa foi promovida pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Espírito Santo (Senar-ES), em parceria com o escritório local do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), com o apoio da Prefeitura do município. Participaram do curso 15 mulheres envolvidas em atividades, como agroindústria, pecuária, cafeicultura, olericultura, fruticultura, além de atividades rurais não agrícolas.

Continua depois da publicidade

O curso “Mulheres em campo” é voltado para o público feminino e tem o objetivo principal de incluir a participação das mulheres nas atividades do campo, inclusive na gestão das propriedades rurais. O conteúdo da capacitação conta com conceitos de empreendedorismo, características de empreendedores de sucesso, diagnóstico da propriedade, planejamento, organização, controle e avaliação dos resultados de um negócio, além de conceitos de liderança e características essenciais de um líder.

Um dos importantes aprendizados do curso foi sobre o cálculo correto dos produtos produzidos pelas mulheres participantes, possibilitando um melhor gerenciamento dos custos e da comercialização. O coordenador e extensionista do escritório local do Incaper de Bom Jesus do Norte, Jarbas Borges, destacou que o conhecimento obtido no curso é de grande importância e pode ser colocado em prática no dia a dia dessas mulheres nas propriedades rurais.

A extensionista do escritório local do Incaper de Bom Jesus do Norte, Cássia Moraes, destacou que o curso foi pensado com o objetivo de melhorar o gerenciamento das atividades rurais e estimular o empreendedorismo e gestão, com foco no desenvolvimento pessoal feminino e da propriedade rural. “Com esses aprendizados, elas vão poder buscar novas oportunidades de negócio e também foram incentivadas a melhorar a qualidade dos produtos. Essa é uma forma de aprimorar as características empreendedoras dessas mulheres”, disse.

Continua depois da publicidade

A ação extensionista faz parte do projeto “Elas no campo e na pesca”, desenvolvido pela Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag) e pelo Incaper. O projeto tem o objetivo de promover a visibilidade e a valorização do trabalho feminino, além da autonomia econômica e financeira das mulheres, por meio da assistência técnica, do acesso ao crédito e às políticas públicas e do apoio ao empreendedorismo, associativismo, cooperativismo e comercialização.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here