Grande Vitória

Após ouvir especialistas, prefeito de Vitória decide não realizar festa de réveillon

COMPARTILHE
A Prefeitura de Vitória não realizará a festa de réveillon neste ano. A decisão foi tomada pelo prefeito Lorenzo Pazolini após ouvir especialistas e
Foto: André Luiz Silva Sobral
82
Advertisement
Advertisement

A Prefeitura de Vitória não realizará a festa de réveillon neste ano. A decisão foi tomada pelo prefeito Lorenzo Pazolini após ouvir especialistas e comunicada durante entrevista coletiva , na noite da última terça-feira (30).

Continua depois da publicidade

“Nos últimos dias me reuni com a secretária de Saúde, Thais Cohen, com o infectologista, Lauro Ferreira Pinto e com a diretoria do Conselho Regional de Medicina (CRM), para entender melhor o cenário da pandemia com a nova variante ômicron. Diante do legado que já alcançamos, com o avanço da imunização na Capital, o retorno das aulas presenciais, a retomada da economia, o mais prudente, neste momento, é não realizar festejos de réveillon 2021”, disse.

Segundo o prefeito, a prioridade neste momento é preservar a vida e a integridade física da população. “Ainda em dezembro nos reunimos e definimos que o foco da gestão seria a vacinação. Nossos números da vacinação são muito expressivos e conseguimos com o esforço do trabalho dos nossos profissionais da saúde. Esse legado é dos capixabas, recebemos brasileiros de todas as regiões para se vacinarem. Esse legado não pode ser colocado em risco”, explica Lorenzo Pazolini.

A secretária de Saúde de Vitória, Thais Cohen, falou sobre o cenário do município. “Vitória é destaque nacional na vacinação contra a Covid desde o início da campanha. Mais de 100% da população adulta está imunizada com duas doses da vacina, temos 86% dos idosos com as três doses já aplicadas e 86% dos adolescentes com a primeira dose do imunizante. Nosso cenário epidemiológico está estável. E a chegada da variante nos coloca num cenário de incerteza. Nosso momento é de cautela e por isso precisamos prezar por esse equilíbrio”, conta.

Continua depois da publicidade

“A gestão do prefeito Lorenzo Pazolini prioriza a vida das pessoas e na cultura temos que respeitar essa prioridade. O momento é de cautela, de observar e não de festa. Diante deste cenário temos que tomar essa decisão”, completa o secretário de Cultura, Luciano Gagno.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here