Geral

Operação Vendilhões: Padre Robson admite ser o “chefe da quadrilha”

COMPARTILHE
Padre Robson
1385
Advertisement
Advertisement

Ex-reitor do Santuário Basílica de Trindade (GO) e investigado por desvio de dinheiro proveniente da doação dos fiéis, o padre Robson de Oliveira Pereira, de 47 anos, admitiu, em áudio, que participava de esquema para burlar contratos.

Continua depois da publicidade

O clérigo também admitiu que sabia do risco de ser preso pela polícia. “Sou o chefe da quadrilha”, diz ele, em um trecho na gravação.

O áudio, registrado pelo próprio padre Robson durante reunião com advogados, foi divulgado pelo Jornal da Record, na última quarta-feira (24/11). O Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO) apreendeu todo o material.

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) ainda analisa novo pedido de prisão preventiva contra o religioso e mais quatro pessoas, por corrupção ativa. A solicitação foi apresentada pela Polícia Federal (PF) na última quarta-feira (17/11), seis meses depois de a Corte ter suspendido uma investigação criminal contra o padre.

Continua depois da publicidade

Durante a reunião, conforme mostrou a reportagem da Record, o padre e a equipe jurídica discutem estratégias para tentar camuflar a ilegalidade de contratos de compras feitas em nome de terceiros pela Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe).

A Afipe era presidida pelo religioso até ele ser afastado da instituição, após o MPGO deflagrar a Operação Vendilhões, em agosto de 2020.

Com informações do site Metropoles

Advertisement
Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here