Grande Vitória

Município de Vila Velha concorre ao projeto “Brasil, essa é a nossa praia”

COMPARTILHE
A Praia da Sereia, no município de Vila Velha, está concorrendo ao projeto “Brasil, essa é a nossa praia”, do Ministério do Turismo. Podem participar cidades
78
Advertisement
Advertisement

A Praia da Sereia, no município de Vila Velha, está concorrendo ao projeto “Brasil, essa é a nossa praia”, do Ministério do Turismo. Podem participar cidades que fazem parte do Mapa do Turismo Brasileiro e banhadas por águas federais (mares, rios e lagos).

Continua depois da publicidade

Dos 23 municípios inscritos, somente 16 tiveram suas inscrições deferidas. As praias de Vila Velha se destacam entre os demais municípios da Região Metropolitana por oferecerem águas límpidas, ótima balneabilidade e uma faixa litorânea de 32 km de extensão.

Desenvolvido pelo Ministério do Turismo, em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), a iniciativa vai selecionar nove cidades que serão beneficiadas pelo Projeto Orla, que prevê ações de boas práticas em turismo e de gestão das orlas. As atividades serão desenvolvidas entre os meses de dezembro de 2021 e dezembro de 2022.

Os interessados também serão classificados a partir de outros critérios: participarem do Programa Investe Turismo; preencherem o Termo de Adesão à Gestão de Praias (TAGP); possuírem um plano de Gestão Integrada da Orla (PGI); certificação de praias, como o programa Bandeira Azul; e possuir Unidade de Conservação em sua a extensão.

Continua depois da publicidade

“Já conquistamos a certificação internacional do Bandeira Azul e, se formos contemplados com mais esse projeto, passaremos a ser uma referência capixaba e um ótimo produto turístico nacional” destacou o secretário de Turismo, Esporte e Cultura do município, Paulo Renato Fonseca Júnior.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here