Sustentabilidade Capixaba

“Energia renovável requer ações pragmáticas”, diz presidente da Findes

COMPARTILHE
Cris Samorini, presidente da Findes - foto Siumara Gonçalves-Findes-Divulgação
Foto: Siumara Gonçalves/Findes/divulgação
499
Advertisement
Advertisement

O setor energético tem passado por profundas transformações em todo o mundo e caminha para dar cada vez mais protagonismo a fontes renováveis, como a eólica, a solar, a biomassa e o hidrogênio verde.

Continua depois da publicidade

No Espírito Santo, as perspectivas vão na mesma direção. Ainda que o Estado tenha uma importante participação da indústria de petróleo e gás na sua economia, iniciativas que estimulam a transição energética começam a ganhar força entre o setor público e privado.

Esse cenário foi um dos destaques do primeiro dia da Oil, Gas and Energy Week, evento organizado pela Findes por meio do Fórum Capixaba de Petróleo, Gás e Energia, que aconteceu nesta terça-feira (9), em Vitória.

Na abertura, a presidente da Federação das Indústrias do Espírito Santo, Cris Samorini, frisou que falar sobre o segmento energético e sobre a adoção de fontes renováveis é falar sobre oportunidades para o setor produtivo e para toda a sociedade.

Continua depois da publicidade

Ela lembrou, inclusive, que essa visão está muito alinhada à agenda ESG (sigla em inglês para ambiental, social e governança), que traz diretrizes essenciais para o desenvolvimento e o crescimento sustentável.

“Esse é um tema que praticamente será obrigatório na pauta das organizações e dos governos que desejam estar conectados com as melhores práticas mundiais. E, aqui no Estado, esse movimento já começou a ser adotado por grandes empresas. Mas o que devemos entender é que a energia renovável não deve ser só uma bandeira, mas um tema que requer ações pragmáticas”, defendeu Cris.

Foto: Hélio Filho/Secom

O governador Renato Casagrande, que também esteve presente no evento, reforçou o coro sobre a importância da discussão da matriz energética e das iniciativas que precisam ser adotadas para reduzir os efeitos climáticos.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Casagrande, que acabou de voltar da Escócia, onde participou da 26ª Conferência do Clima (COP-26), lembrou que o Espírito Santo vai construir um plano para reduzir as emissões de carbono até 2050.

“O petróleo para nós é muito importante, o gás é uma transição que temos, mas é preciso focar em energia renovável. Temos que saber fazer a migração. Nós assumimos o compromisso para chegar à neutralidade de carbono em 2050 e, desde já, vamos estruturar esse plano. Este é um debate fundamental para nós, e não é um debate apenas ambiental, mas também econômico.”

Foto: Hélio Filho/Secom

Durante seu discurso na Oil, Gas and Energy Week, o secretário de Inovação e Desenvolvimento do Estado, Tyago Hoffmann, citou o Gerar, programa do governo capixaba voltado para o estímulo à geração de energia limpa.

“No programa, temos previstos, entre outros pontos, incentivos fiscais que zeram o ICMS para a produção de até 5 megas na microgeração de energia solar fotovoltaica, além do estímulo à pesquisa e às atividades acadêmicas relacionadas a fontes renováveis.”

O secretário anunciou que o governo deverá lançar em breve a parceria público-privada (PPP) das miniusinas de energia solar para atender os prédios públicos. “Nosso objetivo é tornar o Espírito Santo o primeiro Estado brasileiro com 100% da sua energia consumida a partir de fontes renováveis. A partir dessa PPP queremos nos transformar no principal modelo para o Brasil.”

Programação

No primeiro dia de programação, a Oil, Gas and Energy Week contou com a participação de importantes nomes do setor energético capixaba e nacional.

Nos painéis foram debatidos temas como a agenda ESG, a diversificação da matriz energética, o cenário de petróleo e gás do ES e os projetos da Equinor para o Estado e para o Brasil.

O evento está disponível no Youtube, clicando aqui.

Nesta quarta-feira (10), estão previstos painéis sobre: mercado de gás, oportunidades de descomissionamento de plataformas e projetos da Petrobras para o Espírito Santo. As apresentações podem ser acompanhadas clicando aqui.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here