Nutrição e Boa Forma

Cuidados necessários para evitar as crises alérgicas

COMPARTILHE
56
Advertisement
Advertisement

Falta de ar, coceira no nariz, fortes dores de cabeça, espirros frequentes são problemas comuns para quem sofre de alergia respiratória. Característicos de rinite e asma, esses sintomas são considerados crônicos e atacam por toda a vida.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Aproximadamente 40% das pessoas no mundo sofrem com algum tipo de doença alérgica, segundo a Organização Mundial da Saúde. Entre elas estão os casos respiratórios.

É fato que as mudanças climáticas favorecem o aparecimento dos casos. Entretanto, alguns cuidados são necessários para evitar que um quadro controlado se transforme em uma crise alérgica.

Orientações

Continua depois da publicidade

A alergia ocorre por uma pré-disposição genética. Ácaros, fungos e poeira estão entre os fatores que desencadeiam o problema. Apesar de comuns, os casos precisam monitorados e, principalmente, tratados adequadamente.

O melhor caminho é a prevenção. Por isso, é importante contar com o auxílio de um médico. Isso porque o profissional conseguirá indicar a melhor forma de prevenir e tratar casos de asma e rinite.

Vale lembrar que o profissional também deve ser consultado quando ocorrem reações alérgicas provocadas por sensibilidade a determinados produtos ou alimentos.

Advertisement
Continua depois da publicidade

No caso de picadas de insetos, alguns sinais podem indicar uma reação anafilática. Nessa situação, é muito importante seguir para um hospital para um acompanhamento rápido.

Júnior Batista
Estadao Conteudo
Copyright © 2021 Estadão. Todos os direitos reservados.

Advertisement
Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.