Cidades

Pacientes em tratamento oncológico ganham procedimento em Cachoeiro

COMPARTILHE
Uma ação solidária em Cachoeiro oferece tratamento, gratuito, de laser vaginal para pacientes carentes em tratamento oncológico
104
Advertisement
Advertisement

O mês de outubro é dedicado a conscientização e prevenção do câncer de mama, o tipo que mais acomete mulheres em todo o mundo. Uma ação solidária em Cachoeiro de Itapemirim oferece tratamento, gratuito, de laser vaginal para pacientes carentes em tratamento oncológico.

Continua depois da publicidade

A iniciativa é da ginecologista Karina Migioli, especialista em ginecologia regenerativa e laser íntimo. Parte do tratamento ofertado na clínica médica será revertido para essas pacientes oncológicas.

O laser íntimo vaginal é uma alternativa não medicamentosa para as mulheres que enfrentaram a doença e sofrem com as consequências da baixa hormonal, como a atrofia e o ressecamento íntimo.

Uma ação solidária em Cachoeiro oferece tratamento, gratuito, de laser vaginal para pacientes carentes em tratamento oncológico

Continua depois da publicidade

“Quanto mais cedo é diagnosticado e tratado adequadamente, o câncer de mama apresenta bom prognóstico, aumentando muito a sobrevida das pacientes. Nas últimas décadas ocorreram grandes avanços em relação aos tratamentos do câncer de mama. Mas, infelizmente, ainda é possível identificar seus efeitos colaterais, afetando diretamente a autoestima feminina”, explica a médica.

Segundo a ginecologista, vários procedimentos auxiliam as pacientes. “Hoje, existem procedimentos que minimizam esses efeitos, como o laser vaginal, que devolve de forma segura o bem estar e autoestima das mulheres que passaram por esse processo e necessitam resgatar a sua qualidade de vida”, completa Karina.

Pacientes relatam ressecamento vaginal

Uma ação solidária em Cachoeiro oferece tratamento, gratuito, de laser vaginal para pacientes carentes em tratamento oncológico

Advertisement
Continua depois da publicidade

Em 20201, foram estimados no Brasil 66.280 casos novos de câncer de mama, com um risco estimado de 61,61 casos a cada 100 mil mulheres.

“O câncer de mama é uma das principais causas de mortes entre as mulheres no mundo, sendo a 1ª no Brasil. A Unimed Sul Capixaba em parceria com a Oncologia e o Núcleo Cooperativista Feminino criaram o projeto: Amor e Cuidado – Juntas cuidando de todas, que através das suas ações arrecadam e apoiam pacientes em tratamento. Sabemos também que é muito comum que mulheres em tratamento tenham sintomas de menopausa durante a quimioterapia, como o ressecamento vaginal”, explica a oncologista Mariana Novaes.

De acordo com a médica, é importante o resgate da autoestima da paciente. “Essa ação solidária irá proporcionar um resgate na autoestima e na qualidade de vida da nossa paciente, já fragilizada pelo tratamento oncológico”, continua Mariana.

Para a oncologista Sabina Aleixo, neste mês é importante também abordar temas como tratamento e pós-tratamento. “As sequelas deixadas pelo tratamento do câncer não são fáceis. Por isso, é fundamental que se mantenha uma alimentação saudável e a prática de atividades físicas”, ressalta.

“Uma das consequências físicas que mais incomodam as mulheres são as que antecipam ou intensificam os sinais da menopausa, e que têm impacto direto na sexualidade e autoestima da paciente. O laser vaginal tem sido um grande aliado nessa questão íntima da mulher. Infelizmente ainda é um tratamento que nem todas tem acesso. Será ótimo poder contemplar uma mulher com esse tratamento”, completa Sabina.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here