Segurança

Servidor da Prefeitura de Itapemirim é preso com carro clonado e arma de fogo

COMPARTILHE
6024
Advertisement
Advertisement

Um servidor público de Itapemirim acabou preso na tarde desta quinta-feira (9) com carro clonado e restrição de roubo/furto, arma, munições e alta quantia em dinheiro.

Continua depois da publicidade

De acordo com a Polícia Militar, chegou a 9ª CIA Independente denúncia de que um carro modelo Jeep Renegade clonado e com restrição estaria no estacionamento de um supermercado em Itaipava, na cidade de Itapemirim. Enquanto os policias esperavam a confirmação se o carro tinha restrição, foram informados de que o dono do veículo, que é o servidor, dirigia uma caminhonete Hillux e estaria na cidade de Marataízes.

O servidor público, que estava acompanhado da esposa, foi abordado pela PM em Itaoca, quando retornava para Itapemirim. Com a mulher foi encontrado uma bolsa com 37 munições 9mm e R$ 9.846,00 em espécie. O funcionário da Prefeitura confirmou ser dono das munições. Ele portava o documento da Hillux, que apresentava sinais de falsificação.

Continua depois da publicidade

O servidor contou a polícia que no seu sítio, no bairro Santo Amaro, na mesma cidade, tinha uma pistola com dez munições que foram apreendidas. Em outro imóvel, pertencente a esposa dele, os militares encontraram R$ 89 mil em dinheiro, que estavam guardados em um cofre.

No desenrolar da ocorrência, um amigo do servidor público foi até o estacionamento do supermercado para pegar o Jeep Renegade. Ele foi abordado pela PM e com ele encontrado um carregador de pistola com nove munições. O rapaz informou que iria abastecer o veículo para o proprietário. Um perito da Polícia Rodoviária Federal constatou que o carro era clonado.

Advertisement
Continua depois da publicidade

O material apreendido e os três detidos foram levados para a Delegacia Regional de Itapemirim. O servidor público assumiu ser dono dos materiais apreendidos e foi autuado em flagrante pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo e receptação. Ele foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Marataízes. Os outros detidos foram ouvidos e liberados. O caso seguirá sob investigação.

 

  • O QUE DIZ A PREFEITURA DE ITAPEMIRIM

Por nota, a Prefeitura informou que o servidor estava exonerado desde 03 de setembro de 2021. Mas, no Diário Oficial do Município do mesmo dia não consta essa informação. O AQUINOTICIAS questionou sobre a publicação e a assessoria informou que a exoneração será publicada no Diário Oficial nesta sexta-feira (10) com data retroativa.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here