Coronavírus

Idosos a partir de 60 anos já podem tomar 3ª dose da vacina contra a Covid

COMPARTILHE
Vaincação contra covid - Vacina Astrazeneca - Centro de Saúde n°13, 23/07/2021 Fotos: Myke Sena/MS
473
Advertisement
Advertisement

A partir desta quarta-feira (15), idosos a partir de 60 anos podem tomar a terceira dose de vacina contra a Covid-19 em Cachoeiro: basta procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima da residência ou a Policlínica Municipal Bolívar de Abreu (Centro Municipal de Saúde), sem necessidade de agendamento. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 15h.

Continua depois da publicidade

De acordo com a resolução 171/2021 da Comissão Intergestores Bipartite (CIB/SUS-ES), a dose de reforço deve ser administrada em quem completou o esquema vacinal (duas doses ou vacina de dose único) há cinco meses ou mais.

A vacina a ser administrada deverá ser de RNA mensageiro (Pfizer) ou de vetor viral (Janssen ou Astrazeneca), independente da marca de vacina recebida anteriormente.

Na hora de se vacinar, é necessário apresentar o cartão de vacina com a data da última aplicação, além do documento de identificação.

Continua depois da publicidade

“É importante a aplicação da dose de reforço porque o sistema imunológico dos idosos não tem a mesma performance das fases anteriores da vida. Por isso, convocamos todas as pessoas que fazem parte dessa faixa etária a procurar o local de vacinação mais próximo”, afirma o secretário municipal de Saúde, Alex Wingler.

Imunossupressão

Na sexta-feira (10), a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) já havia sido iniciada a vacinação com a terceira dose em idosos de 70 anos ou mais e pessoas com alto grau de imunossupressão (baixa imunidade).

Advertisement
Continua depois da publicidade

No caso das pessoas com alto grau de imunossupressão, a dose de reforço deve ser administrada 28 dias após a última dose do esquema vacinal (segunda dose ou dose única), conforme a resolução 169/2021 da CIB/SUS-ES.

Enquadram-se, nesse grupo, pessoas nas seguintes condições: imunodeficiência primária grave; quimioterapia para câncer; transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) em uso de drogas imunossupressoras; pessoas vivendo com HIV/Aids com CD4 <200 céls/mm3; uso de corticoides em doses ≥20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por ≥14 dias; uso de drogas modificadoras da resposta imune, conforme anexo único; pacientes em hemodiálise; pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas (reumatológicas, autoinflamatórias, doenças intestinais inflamatórias).

Como comprovação para a vacinação, pessoas desse grupo deverão apresentar, além do documento de identificação, o laudo médico (de 2018 em diante) indicando a condição ou declaração do enfermeiro do serviço de saúde onde fazem tratamento.

Vai vacinar? Doe alimentos e itens de higiene

As pessoas que se vacinam contra a Covid-19, em Cachoeiro, podem colaborar com a campanha “Compartilhe Amor”, doando, no momento da vacinação na unidade de saúde, alimentos não perecíveis e itens de higiene (álcool em gel e sabão), na quantidade que quiserem. A Prefeitura destina todos os produtos arrecadados a famílias em situação de vulnerabilidade social, para reforçar as ações de combate à insegurança alimentar no município durante a pandemia.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here