Histórias de sucesso

A loja que nasceu espalhando beleza e elegância no Sul do ES

COMPARTILHE
Eder Oza
Foto: arquivo pessoal
1590
Advertisement
Advertisement

“Toda vez que me olho no espelho, vejo as mulheres da minha infância. As senhoras que trabalhavam com a caridade, minha avó e, principalmente, minha mãe. Foram elas que me deram sensibilidade para lidar com a moda, que é uma arte tão delicada e cheia de beleza”.

Continua depois da publicidade

As palavras são do empresário da Moda, Éder Oza. Filho de um sapateiro e de uma dona de casa, ele viu sua carreira nascer da beleza dos vestidos de sua mãe e do trabalho de seu pai. Nas memórias de menino, a máquina de costura da avó, aqueles modelos manuais que já vestiram tantas e tantas gerações mundo afora.

“Desde muito cedo, eu costurava naquela máquina. E, na minha época, tinham muitos programas de TV que davam dicas de moda. Sempre acompanhei com muito interesse. Achava maravilhoso fazer as pessoas ficarem bonitas, se sentirem bem”.

Seu primeiro sonho de carreira, quis o destino, ficou de lado. Por pouco tempo, claro. Oza começou o curso de Administração. Mas – e lá vem o destino de novo – ainda na faculdade começou a trabalhar na Baresy, loja de Cachoeiro de Itapemirim especializada em roupas masculinas.

Carreira na beleza

Continua depois da publicidade

“Quando fiz 21 anos, a Baresy me convidou para ser gerente. Fiquei lá dos 21 aos 34 anos. Foi um período de muito aprendizado. Fui três vezes para o Estados Unidos pela empresa, fiz muitas viagens para São Paulo. E isso tudo me rendeu muita experiência. Nesse meio tempo, fiz pós-graduação em Moda e me especializei na minha área”.

Dessa forma, tantas experiências enriquecedoras impulsionaram Éder Oza a seguir novos caminhos. “Eu não me via fora de lá. Mas, em 2016, surgiu uma oportunidade única. A proprietária do Espaço Noivas decidiu vender o negócio. Eu encarei o desafio e decidi abrir o Espaço Noivos. Foi a primeira loja do Sul do Estado a trabalhar com noivos, pajens, padrinhos e formandos. Era algo que só encontrávamos em Vitória, até então. E foi um sucesso. Para dar uma ideia, no primeiro mês fiz o planejamento de alugar um determinado número de trajes. Alugamos três vezes mais”, conta.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Assim, ele explica que viu um nicho importante de negócio. Já existiam lojas de roupas masculinas, mas a moda festa era uma lacuna a ser preenchida. Melhor: de forma sustentável. “As roupas alugadas vão e voltam. Então é uma moda responsável ambientalmente e o custo é mais baixo para o cliente”.

O início, como todo negócio, não foi fácil. “Sair da postura de empregado para empregador não é simples. Mas sempre mantive minhas contas em dia. Na crise do ano passado, por conta da pandemia e do cancelamento de eventos, atravessamos problemas financeiros, mas que estão sendo sanados”.

Empreender com sucesso

É aí que entra a dica de ouro de um empreendedor que enfrentou momentos difíceis para manter seu sonho. “Tenham capital de giro, uma reserva que se possa contar por, pelo menos, 12 meses. Acho que essa pandemia nos ensinou a ter essa precaução. Além disso, tenham paixão pelo seu negócio, mas não amor. Não conseguimos tomar algumas decisões com amor no meio. Mas a paixão permite essas decisões difíceis”, diz.

Assim, depois de ultrapassar as pedras do meio do caminho, é preciso inovar, diz o empresário. “Quando você estiver no topo, faça a pergunta: ‘como posso inovar em relação a mim mesmo?’. Desafie-se sempre. Além disso, trabalhe o relacionamento com seu cliente, humanize o atendimento. E siga sua vocação. Muitas pessoas seguem a carreira dos pais por imposição familiar. Não faça isso. Siga seu coração e você estará no caminho certo”.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here