Cidades

Arara 'foge de casa' em Cachoeiro e família oferece recompensa pelo resgate

COMPARTILHE
Arara 'foge de casa' em Cachoeiro e família oferece recompensa pelo resgate
1839
Advertisement
Advertisement

Os cachoeirenses devem ficar atentos para uma possível cena pouco comum, na cidade: uma arara-canindé voando pelos céus da “Capital Secreta”. É que, na tarde deste domingo (15), a arara que atende pelo nome Athena fugiu da casa do empresário Raphael Marin Arruda, 20 anos, no bairro Gilberto Machado.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Desde então, a tristeza tomou conta da família, que está oferecendo uma recompensa de R$ 1.000,00 para quem resgatar a ave. Segundo Andreia Marin, tia do Raphael, a arara foi vista pela última vez nas redondezas do bairro Amarelo, ainda no início da noite de domingo.

“Está todo mundo triste, o meu sobrinho Breno, de seis anos, irmão do Raphael, não dormiu nada esta noite aguardando que a Athena voltasse para a casa. A arara é registrada e tem anilha, estamos desesperados para que ela volte para a nossa casa”, conta Andreia.

A arara  tem um ano e está há 10 meses com a família. A residência da qual ela fugiu está situada na rua Mário Vitor Moura Souza, no bairro Gilberto Machado, próximo ao Jaraguá. A ‘fuga’ aconteceu por volta das 17h30.

Continua depois da publicidade

Segundo a tia, Athena fugiu primeiro em direção ao Shopping Sul, mas até lá foi acompanhada pela família. Logo em seguida, voou em direção ao bairro Amarelo, e não foi mais avistada.

“Athena é um animal muito dócil, ela costumava ficar solta brincando com o nosso cachorro e os filhos da família. Queremos muito que ela volte para a casa, pois temos um amor muito grande por ela”, finaliza.

Quem tiver informações sobre a arara-canindé pode entrar em contato pelo telefone (28)99958-0437, ou pelo Instagram @silviamarin_rota.

Advertisement
Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here