Segurança

Messi ganha reforço de Killer no combate às drogas

COMPARTILHE
Messi ganha reforço de Killer no combate às drogas
430
Advertisement
Advertisement

Se o faro certeiro de um cão policial é capaz de descobrir drogas e armas em locais improváveis, imagine toda essa eficiência em dobro? O 9º Batalhão da Polícia Militar, com sede em Cachoeiro de Itapemirim, tem um novo cão farejador para dividir a função com Messi.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Segundo o cabo Rovetta, Killer é um cão experiente, que já atuou para a PM na Grande Vitória e nas companhias do Litoral capixaba. Atualmente, ele está em tratamento por conta de uma hérnia de disco, mas nem por isso deixou de ser habilidoso quando o assunto é combater o tráfico de drogas.

Assim como Messi, ele é filho de cães farejadores e nasceu na Companhia Independente de Operações com Cães (Cioc) da PMES. Killer tem sete anos e sua primeira atuação pelo 9º BPM já foi com o pé, ou melhor, com a ‘pata direita’. Na noite de quarta-feira (21), ele encontrou 27 papelotes de cocaína durante uma ação no bairro Valão.

De acordo com Rovetta, como Killer é um cão mais velho e está fazendo recuperação física, inicialmente, ele será empenhado em funções pontuais, até que esteja totalmente saudável para ‘trabalhar’ na PM.

Continua depois da publicidade

“Killer, desde sua formação, já contribui com excelentes resultados, e veio para somar com o Messi na Companhia K9. Fizemos um treino com ele, em ambiente real, para avaliar p  desempenho, já que ainda está em recuperação, e ele achou drogas. Daqui a dois meses, ele estará 100%, mas por enquanto, vamos pegar leve com ele. Enquanto isso, Messi continua”, disse.

Depois que estiver recuperado, Killer e Messi atuarão juntos em algumas ações e também vão ‘intercalar as escalas de serviço’.

Advertisement
Advertisement
Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.