Política

Farra em Bom Jesus do Norte: vereadores gastaram quase R$ 100 mil com diárias

COMPARTILHE
Câmara de Bom Jesus do Norte
1507
Advertisement
Advertisement

Em meio à pandemia, em que o país amarga recessão econômica e o desemprego de mais de 14 milhões de trabalhadores, os nove vereadores de Bom Jesus do Norte gastaram quase R$ 100 mil com diárias somente no primeiro semestre deste ano. Os dados constam no Portal da Transparência da Câmara Municipal.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Os gastos chamam ainda mais atenção quando confrontados com os de outras Casas de Leis. Para dar uma ideia, o Legislativo de Cachoeiro de Itapemirim, maior cidade do Sul do Espírito Santo e que possui 19 vereadores, gastou, ao todo, R$ 4.560. Esse valor é de, aproximadamente 5% do que foi gasto pelo Legislativo de Bom Jesus do Norte, uma cidade com menos de 10 mil habitantes.

Levantamento feito pela reportagem aponta que para fazer uma viagem a Viória, cada parlamentar de Bom Jesus, que tem salário mensal de R$ 3.960,60, recebe R$ 503,60, ou seja, quase metade do salário mínimo atual (R$1,1 mil). Vale ressaltar que a diária é livre de despesas como transporte e combustível.

Na comparação com outros municípios, um de cada região do Estado, o valor destoa: em Cachoeiro, o valor da diária para a Capital é de R$ 120. Já em Guaçuí é de R$ 159,99; Linhares, R$ 225 e, em Venda Nova do Imigrante, R$ 263,88.

Continua depois da publicidade

O campeão de gastos é o vereador Alexander Prepeta (PSD), conhecido como Xandão Mudanças. No primeiro semestre do ano, o legislador recebeu mais de R$ 10,3 mil em diárias por 12 viagens a Vitória e outras três a Brasília. Já Rodrigo Sobral (PP) recebeu R$ 4.028. Esse foi o menor repasse de diárias recebido por um vereador do município. Entretanto, é quase o total gasto por todos os vereadores de Cachoeiro de Itapemirim.

O outro lado

Tentamos contato com o presidente da Casa, Flávio Bernardes Mascarenhas, por meio de mensagem de WhatsApp e celular. No entanto, até o fechamento desta reportagem, ele não se manifestou.

 

Advertisement
Continua depois da publicidade

 

Advertisement