Cidades

Safra urbana: os alimentos que nascem na metrópole capixaba

COMPARTILHE
Do alto das lavouras de banana orgânica, o produtor Rafael Ribeiro (Cariacica) tem a visão da capital do Estado. (Foto: Leandro Fidelis/Conexão Safra)
52
Advertisement
Advertisement

Olhando assim a Ilha de Vitória com tantas opções de praias, edifícios residenciais, shoppings e outros prédios comerciais, fica difícil imaginar que perto desse movimento tão cosmopolita existe zona rural com destaque até continental. Não é exagero. Sem a pujança da agropecuária do interior do Estado, a região metropolitana do Espírito Santo- com cerca de 2 milhões de habitantes- não é formada apenas por consumidores de alimentos. Segundo dados de 2020 do Programa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Proater), do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), 2.786 estabelecimentos comandados por produtores da Grande Vitória também levam comida à mesa dos capixabas.
CLIQUE AQUI E LEIA A MATÉRIA COMPLETA

Advertisement
Continua depois da publicidade

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here