Segurança

Cigarros contrabandeados do Paraguai que seriam entregues em Iconha são apreendidos

COMPARTILHE
maços de cigarros
Foto: PRF / maços de cigarros
471
Advertisement
Advertisement

Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 365 mil maços de cigarros contrabandeados e de origem estrangeira durante fiscalização no quilômetro 20, na manhã desta quarta-feira (9), na BR 262, em Viana.

Continua depois da publicidade

O carregamento de cigarros desviado do Paraguai foi descoberto pelos agentes durante abordagem de um caminhão M.Benz/2425. Ao verificarem o conteúdo que era transportado no interior da carroceria, os policiais descobriram 730 caixas com 36.500 pacotes de cigarros contrabandeados, totalizando 365  mil maços.

O condutor informou aos policiais que estaria vindo do município de Ubá/MG receberia R$800 pelo transporte da carga e que a entregaria no município de Iconha. O homem de 44 anos foi detido e encaminhado, juntamente, com o veículo e a carga, para a Superintendência da Polícia Federal em São Torquato, Vila Velha.

O que diz a lei sobre cigarros contrabandeados

Pela breve leitura dos atuais artigos 334 e 334-A, do Código Penal, alterados pela Lei nº 13.008/2014, percebe-se que a conduta de importar cigarros de marca que não seja comercializada no país de origem enquadra-se no delito de contrabando (artigo 334-A – “Importar ou exportar mercadoria proibida”).

Continua depois da publicidade

 

O que está por trás de um cigarrinho ilegal extremamente barato?

A cena do cigarro ilegal na barraquinha na rua quase ficou no passado. Hoje, o produto é encontrado com facilidade em bares, mercadinhos e padarias pelo Brasil. Quem vê esse comércio tão livre não imagina o tamanho do problema enfrentado no país com o contrabando. E essa é só a ponta desse crime.

Advertisement
Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here