Economia

Com impacto maior da gasolina, gastos com Transportes sobem 1,15% no IPCA

COMPARTILHE
11
Advertisement
Advertisement

Os gastos das famílias com transportes passaram de um recuo de 0,08% em abril para uma elevação de 1,15% em maio, um impacto de 0,24 ponto porcentual sobre o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A gasolina subiu 2,87%, o equivalente a um impacto de 0,17 ponto porcentual em maio.

Continua depois da publicidade

No ano, a gasolina já está 24,70% mais cara. Em 12 meses, o combustível acumula um aumento de 45,80%.

No mês de maio, também houve elevação nos preços do gás veicular (23,75%), etanol (12,92%) e óleo diesel (4,61%).

Advertisement

Ainda em Transportes, ficaram mais caros os automóveis novos (1,15%), automóveis usados (0,88%), pneu (2,30%) e conserto de automóvel (1,19%).

Continua depois da publicidade

Houve reajustes ainda nas passagens de metrô (2,86%), devido à alta no Rio de Janeiro, e nos ônibus urbanos (0,30%), com aumento em Salvador.

Já as passagens aéreas caíram 28,33%, com impacto negativo de 0,12 ponto porcentual no IPCA do mês.

Daniela Amorim
Estadao Conteudo
Copyright © 2021 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].