Política Regional

Vereadores de Guaçuí barram CPI para investigar Vera Costa por suposta promoção pessoal

COMPARTILHE
688
Advertisement
Advertisement

Na sessão ordinária desta segunda-feira (3), vereadores barraram a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (PCI) para apurar suposta promoção pessoal da ex-prefeita Vera Costa (PDT).

Continua depois da publicidade

A proposta para a criação da CPI 0001/2021 contra Vera Costa é de autoria dos vereadores Wanderley de Moraes (PMN), Aroldo Montoni (DEM), Valmir Santiago (DEM) e Julinho Terere. Eles queriam apurar a denúncia de suposto gasto irregular, com recursos do Executivo, em 2020, às vésperas das eleições, com a confecção da revista “Guaçuí – Nosso município está preparado para o futuro – Mesmo na crise cresceu”, que teria como objetivo a promoção pessoal da então gestora.

Na sessão ordinária desta segunda-feira, o pedido de criação da CPI foi barrado por 6 votos contrários e 5 a favor. Com a decisão, a Câmara não poderá investigar se houve irregularidades com a confecção da revista.

Como votaram os vereadores

A favor: Wanderley Moraes, Julinho Tererê, Valmir Santiago, Nelsinho Salvador e Aroldo Montane

Continua depois da publicidade

Contra: Zé Ruim, Vitor Moraes, Dim barbeiro, Renato Duponi e Carlinho Lomeu.

Desempate: Com o empate, a presidente do Legislativo, Maria Lúcia votou contra a CPI.

Advertisement
Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].