Segurança

Técnico de enfermagem é preso por furtar ampolas de morfina em hospitais de Cachoeiro

COMPARTILHE
3202
Advertisement
Advertisement

Policiais civis da Delegacia Especializada de Infrações Penais e Outras (Dipo) detiveram um técnico de enfermagem, de 32 anos, nesta quinta-feira (6), com dez ampolas de sulfato de morfina que haviam sido furtadas em hospitais de Cachoeiro de Itapemirim, onde o profissional trabalha.

Continua depois da publicidade

A Polícia Civil iniciou as investigações na última sexta-feira (29), depois de receber denúncias sobre o possível extravio das drogas. Equipes estiveram na residência do investigado, no bairro Santa Cecília, para cumprir um mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça do município, onde foram encontrados os medicamentos que seriam vendidos no mercado negro.

“O detido trabalha em três hospitais, sendo um particular, um estadual e um filantrópico. A investigação indica que as ampolas apreendidas na casa dele foram subtraídas das três unidades hospitalares. Em depoimento, ele confessou que pretendia revender os medicamentos”, explicou o titular da Dipo, delegado Rafael Antun.

Continua depois da publicidade

Segundo a polícia, o enfermeiro foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, e encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Cachoeiro de Itapemirim.

O inquérito será encaminhado à Delegacia Especializada de Narcóticos (Denarc) do município, que vai apurar a participação de outros profissionais no esquema de subtração desta e de outras substâncias.

A morfina apresenta alto risco de dependência porque proporciona intenso bem-estar ao ser administrada, levando o usuário a desejar doses cada vez maiores.

Advertisement
Continua depois da publicidade

O medicamento é um analgésico forte, usado para o alívio da dor intensa, como a provocada por infarto do miocárdio, lesões graves ou dor crônica severa associada ao câncer terminal, podendo ser usado também como anestesia em procedimentos cirúrgicos.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here