Sustentabilidade Capixaba

Sustentabilidade Capixaba | Entramos em um novo ciclo de gestão de recursos hídricos

COMPARTILHE
Foto: divulgação
132
Advertisement
Advertisement

As margens dos mananciais são os berços das grandes civilizações. Rios e lagos se traduzem em terras fecundas, água abundante e meios de transportes rápidos e baratos. Nem é preciso ir ao Egito antigo para visualizar a prosperidade do Nilo. Basta olharmos para nossas próprias cidades e ver que foi no entorno dos rios que o Espírito Santo floresceu.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Conservar as águas e ter uma boa gestão dos recursos hídricos é questão de sobrevivência. Estudar as grandes bacias hidrográficas do Espírito Santo e seus afluentes e implementar ações de combate à poluição e ao mau uso da água é o caminho para que, em 20, 30 anos, nossos filhos e netos possam ter acesso às mesmas benesses que tivemos.

Segundo o diretor presidente da Agência Estadual de Recursos Hídricos (Agerh), Fábio Ahnert, entramos em um novo ciclo de gestão de recursos hídricos. “O Espírito Santo tem 14 comitês de bacias hidrográficas constituídos. Alguns são afluentes de bacias cujo domínio é Federal, como a do Rio Doce. E alguns são integralmente do Espírito Sano. No Sul, a Bacia do Itapemirim, seria a maior. Ela é vizinha de bacias menores, do Rio Novo, Benevente e, mais ao Sul, do Itabapoana, que é uma bacia de domínio federal. Todos os 14 comitês têm estruturas plenárias constituídas e seus planos e enquadramentos de corpos d’água. O desafio, agora, é entrar em um novo ciclo de gestão de recursos hídricos e implementar os planos, ou seja, tirar as ações do papel e coloca-las na prática”, avalia.

Fábio Ahnert estará falando sobre “A Gestão da Água e sua Importância para a Sustentabilidade Ecológica, Econômica e Social” durante o Seminário Sustentabilidade Capixaba, que acontecerá nos dias 1º e 2, na Casa da Prata, em Guaçuí, no Caparaó. O evento, que será ministrado de forma on-line, busca apoiar e divulgar iniciativas que visam à recuperação, preservação e uso responsável dos recursos naturais no Espírito Santo. No final das palestras, será emitido certificado de participação com carga horária de 12 horas.

Continua depois da publicidade

CLIQUE AQUI E FAÇA SUA INSCRIÇÃO

Sobre Fábio Ahnert
​​​​​​​Fábio Ahnert é diretor-presidente da Agência Estadual de Recursos Hídricos (Agerh). Ahnert é servidor de carreira do Instituto Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema). Doutorando em Engenharia Ambiental com ênfase em Recursos Hídricos, também possui pós-graduação em Gerenciamento de Projetos pela Fundação Getúlio Vargas. Foi diretor-presidente da Agerh em 2013 e 2014. Atuou como diretor de Recursos Hídricos do Instituto Estadual de Meio Ambiente (Iema) e como subsecretário de Estado de Agricultura. Representou o Governo do Espírito Santo nos conselhos nacional e estadual de Recursos Hídricos.

Advertisement
Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here