Cidades

Justiça proíbe restaurante em Ibatiba de realizar eventos após “Ressaca de Quarentena”

COMPARTILHE
3648
Advertisement
Advertisement

Muitas pessoas e estabelecimentos não estão se importando com a gravidade da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) e estão realizando eventos e aglomerando pessoas, colocando em risco a vida de muitos que estão tomando todos os cuidados para não se tornarem mais uma vítima da letal doença.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Uma decisão judicial determinou a proibição do Restaurante Oposto, localizado aos fundos de um posto de gasolina no trevo de Iúna, realize qualquer tipo de evento. Segundo o documento, o estabelecimento vem descumprindo as medidas restritivas impostas em razão da pandemia da Covid-19, e funciona como bar, servindo bebidas alcoólicas, com músicas ao vivo, promovendo grande aglomeração de pessoas no município.

Informa ainda, que no último sábado (15), o estabelecimento comercial realizou uma festa com objetivos comerciais denominada “Ressaca da Quarentena”, sem a menor atenção às normas de segurança estabelecidas, mostrando um verdadeiro desrespeito à atual situação de calamidade pública instaurada no Espírito Santo.

Na decisão consta ainda que foi expedida em face da empresa supracitada notificação e aplicação de multas, tendo em vista as irregularidades no funcionamento do estabelecimento, porém continuam a ignorar as determinações emitidas pelas autoridades competentes.

Continua depois da publicidade

Desse modo, o Ministério Público propôs a presente ação civil pública requerendo liminarmente que os requeridos sejam compelidos a não promoverem, por qualquer meio, eventos, festas, shows, com aglomeração de pessoas no local do estabelecimento.

A comunicação da prefeitura de Ibatiba disse que vai continuar fazendo o trabalho que vem realizando até agora, com fiscalização para que sejam cumpridas todas as medidas colocadas pelos decretos estaduais e municipais. Logo, vai cumprir o que determina a decisão judicial, ate porque a Vigilância em Saúde já vem realizando este serviço, ainda mais agora que o município voltou a Risco Alto.

A reportagem do AQUINOTICIAS.COM tentou contato com o Restaurante Oposto, com o contato vinculado na internet, para saber um posicionamento do estabelecimento, mas as ligações não foram atendidas.

Advertisement
Advertisement