Cidades

Caminhoneiro de Vitória que abastecia tráfico de drogas em Venda Nova do Imigrante é preso pela PM

COMPARTILHE
1882
Advertisement
Advertisement

Policias militares detiveram quatro pessoas apontadas como responsáveis pelo tráfico de drogas em Alto Caxixe, zona rural de Venda Nova do Imigrante, neste sábado (8).

Continua depois da publicidade

Segundo a PM, um dos investigados é um homem de 32 anos que reside em Vitória e ia toda sexta-feira ao município serrano abastecer o imóvel e outros pontos utilizados para venda de entorpecente. A companheira dele, de 26 anos, também foi presa.

À polícia, o homem contou que trabalha durante a semana como caminhoneiro e que aos fins de semana faz o transporte das drogas para abastecer pontos de vendas da região.

A residência que era usada como ‘boca de fumo’ e fica localizada no loteamento Campo Verde pertence a um casal, preso na ação. A mulher, de 33 anos, e o marido dela, de 24, cediam o local para armazenamento e comércio das drogas.

Continua depois da publicidade

Depois de receber denúncias sobre a atuação dos traficantes na residência, policiais iniciaram uma investigação e neste sábado seguiram para o local após terem certeza de que todos os investigados estariam na casa.

Militares flagraram a dona da casa fazendo consumo de cocaína na varanda do imóvel, e viram o momento que o caminhoneiro correu para o interior da residência. Ele se trancou no banheiro e tentou dispensar uma arma calibre 38 municiada pela janela, mas o objeto foi achado pela equipe. Os outros dois detidos também estavam na casa.

Foram encontrados no local 112 pinos de cocaína, 15 frascos de lança-perfume, celulares, munições, anabolizantes e R$ 1.860 em espécie. A suspeita que mora em Vitória passou mal durante a abordagem e precisou ser atendida pela equipe do Samu.

Advertisement
Continua depois da publicidade

Todos foram encaminhados ao Plantão da Delegacia Regional de Venda Nova do Imigrante onde ficaram à disposição da Justiça.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here