Cidades

Vereador perde controle durante sessão da Câmara e chama para briga

COMPARTILHE
Imagem da sessão da Câmara
1077
Advertisement
Advertisement

 

Continua depois da publicidade

O vereador Leonardo Teixeira (PV) perdeu o controle durante a sessão ordinária da Câmara Municipal de Iúna na noite desta quarta-feira (28). O que deixou Leonardo irritado, foi a citação do nome da esposa dele, que era engenheira responsável, em um setor da prefeitura, que de acordo com o relatório de auditoria, acontecia um esquema de “rachadinha”, único nome citado na apresentação aos vereadores. O resultado? O vereador xingou e chamou para briga os servidores do Executivo que estavam presentes acompanhando o procurador.

Outro motivo para o rompante, é que, ele era secretário de obras na gestão anterior, o nome do vereador também aparece nas investigações por causa de possíveis irregularidades na pasta durante a gestão dele. Inflamado, Leonardo Teixeira chegou a dizer que o procurador foi à Casa de Leis com discurso ensaiado e chamou de “show” a apresentação do relatório que aponta irregularidades como perdas de convênios, casos de desvios de função e não abertura de processos de sindicância pelo ex-prefeito.

No auge do rompante de ira na tribuna, o vereador usou de palavrões, disse que não foi tirado do sério, por isso não quebraria o local e ofendeu, de forma pessoal, o procurador do município que estava no Plenário.

Continua depois da publicidade

“Antônio Júnior, se eu soubesse que você ia dar esse show aqui hoje, teria trazido uma peruca e uma botina de palhaço para você para você fazer o discurso aqui porque foi muito bem ensaiado. Cambada de vagabundos, que são essa administração. Eu posso levar o nome de tudo nessa rua, agora, de ladrão eu não posso não. Vocês estão muito enganados com quem vocês estão mexendo. O que tiver de falar chega para mim, chega e fala, não joga piadinha para mim não, que eu quebro esse mosquiteiro inteiro aqui, porque tem que ter respeito. E pode embolar todo mundo se quiser. Você (Antônio Júnior) fez isso tudo porque está com raiva do Cristiano e do Coronel, porque ele te chamou de chifrudo”, desabafou o vereador Leonardo logo depois de acompanhar a leitura do relatório da auditoria feita na prefeitura.

Apesar dos pedidos do presidente da Casa, Edson Márcio De Almeida (MDB), o vereador Leonardo continuou o discurso. Após deixar a tribuna, antes de equipe de transmissão cortar o áudio, dá para ouvir ao fundo mais discussões e alterações. O presidente da Câmara precisou solicitar apoio da Polícia Militar de forma preventiva para conter os ânimos do lado de fora do plenário.

Acompanhe a sessão na íntegra e as declarações do vereador:

Advertisement
Continua depois da publicidade

https://fb.watch/5aSxrIPpIS/

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].