Cidades

No risco extremo, atividades essenciais em Cachoeiro não poderão abrir nos feriados

COMPARTILHE
823
Advertisement
Advertisement

Em Cachoeiro de Itapemirim, as atividades consideradas essenciais, como: supermercados e padarias, não poderão funcionar com atendimento presencial nos feriados nacionais, estaduais e municipais, quando o município estiver classificado no grau de risco extremo para covid-19. O decreto municipal nº 30.453 foi publicado Diário Oficial do Município.

Continua depois da publicidade

A regra só não se aplica aos postos de combustíveis localizados em rodovias federais e estaduais, hospitais, clínicas e consultórios médicos, laboratórios, farmácias, transporte de cargas, de passageiros por táxi, de empregados por veículos de seus empregadores e privado urbano por meio de aplicativo, além de hotéis, pousadas e afins e serviços funerários.

Como Cachoeiro seguirá em risco extremo na próxima semana (conforme determinação do governo estadual), a nova regra já vale para o feriado de segunda-feira (12), Dia de Nossa Senhora da Penha.

A Prefeitura ressalta que as atividades essenciais e não essenciais podem trabalhar com delivery todos os dias, inclusive, nos feriados.

Continua depois da publicidade

Transporte

O decreto também determina que o transporte coletivo de passageiros, quando autorizado a operar, somente poderá trafegar com passageiros sentados – antes, eram permitidos até dez passageiros em pé.

Atividades de setores municipais

Advertisement
Continua depois da publicidade

Outra mudança estabelecida pelo decreto é a suspensão, sempre que o município estiver em risco alto ou extremo, dos serviços prestados pelo Centro de Convivência Vovó Matilde, dos serviços de fortalecimento de vínculos da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e dos eventos esportivos realizados pela Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Qualidade de Vida.

Mudanças no funcionamento do comércio no risco alto

O decreto ainda altera a forma de funcionamento das atividades econômicas no grau de risco alto. Veja como ficou:

  1. Turno 1 – De segunda a sexta de 9h às 17h e aos sábados de 8 às 12h: Atividades de comercialização de eletrodomésticos, eletroeletrônicos, lojas de venda e revenda de automóveis e motocicletas, lojas de departamentos, materiais para construção e assemelhados, incluindo vidraçaria, material elétrico, tintas e demais produtos que servem para reforma e construção, móveis, informática, lojas de venda de peças automotivas, colchões, cama, mesa e banho, artigos de festa e decoração;
  2. Turno 2 – De segunda a sexta de 9h às 17h e aos sábados de 8 às 12h: Atividades de comercialização de acessórios, aviamentos, calçados, confecções, joalherias, papelarias, perfumarias, tecidos, vestuário, cosméticos, óticas, artigos esportivos, lojas de balas, doces e chocolates e demais atividades de comércio, inclusive todo o comércio ambulante;
  3. Turno 3 – De segunda a sexta, por 8 horas diárias, com atendimento presencial até 20h, e aos sábados por 4 horas diárias, com atendimento presencial até as 16 h, para atividades no interior de shopping centers, galerias e centros comerciais, e as praças de alimentação de segunda a sábado de 10h às 16h;
  4. Turno 4 – De segunda a sábado de 10h às 16h, as atividades de alimentação (restaurantes, lanchonetes, cafeterias) para consumo presencial, exceto para empreendimentos localizados às margens de rodovias estaduais e federais, que não terão limite de horário e as praças de alimentação de shoppings e galerias, que possuem regramento próprio.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].