Economia

Itapuã Calçados entra com pedido de Recuperação Judicial no Espírito Santo

COMPARTILHE
3855
Advertisement
Advertisement

A tradicional Itapuã Calçados, com indústria em Cachoeiro de Itapemirim, entrou na Justiça com um pedido de Recuperação Judicial, alegando cenário hostil diante da pandemia da Covid-19, que se estende no país desde 2020.

Continua depois da publicidade

Através de um comunicado, a Itapuã informa que, como diversas empresas no Brasil e no mundo, enfrenta atualmente o desafio da pandemia, impondo restrições ao funcionamento normal da empresa e provocando abalos diversos econômicos.

E que mesmo em meio a este turbilhão e diante de um cenário hostil, sempre se mantemos firme aos valores que construíram a empresa, baseados na total responsabilidade perante a sociedade, na ética e profissionalismo que norteiam nossas decisões.

Ainda, segundo o comunicado, as perdas de receita acumuladas pela redução no horário de funcionamento as lojas, o fechamento do comércio, a exemplo de 14 lojas em Belo Horizonte fechadas por 166 dias e 30 lojas que ficaram 70 dias de portas fechadas e mais alguns dias com horário reduzido no Espírito Santo. O resultado foi um grande impacto no faturamento e na saúde financeira da empresa.

Continua depois da publicidade

Processo

“Todo este cenário nos levou a tal decisão. Diante de mais este desafio, nós seguiremos fortes e ativos. Responsáveis e cientes de nosso dever de continuar atendendo com qualidade nossos clientes e retribuindo a sociedade de cada cidade em que estamos, a confiança e preferência depositadas em nós. Nossa responsabilidade como empresa transcende nossos clientes, passando por nossos colaboradores e fornecedores, acionistas e todas as respectivas famílias, entendendo que cada um merece um relacionamento transparente e justo”, afirma a nota.

A Itapuã reforça ainda que a ação não impactará na rotina comercial da empresa, que continuará atendendo capixabas, mineiros e cariocas nas lojas físicas e a qualquer brasileiro através do nosso e-commerce.

Advertisement
Continua depois da publicidade

“Com a homologação do processo de recuperação judicial, poderemos operar de forma mais segura, gerar rentabilidade que permita cumprir todas as obrigações e ao mesmo tempo, nos dando a capacidade de não somente manter a vitalidade de nossa empresa perante os atuais e constantes desafios, mas também voltar a crescer”, finaliza o comunicado.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].