Cidades

Helicóptero chega a Castelo para auxiliar nas buscas por jovem que sumiu após entrar em cachoeira

COMPARTILHE
Foto: NOTAER
3815
Advertisement
Advertisement

Integrantes do Núcleo de Operações e Transportes Aéreo (Notaer) chegaram na tarde desta quinta-feira (15) à comunidade de São João, em Castelo, para sobrevoar o curso d’água da Cachoeira do Bambuzal, onde Felippe Gussão de 33 anos desapareceu após afundar no manancial, na última segunda-feira (12).

Continua depois da publicidade

Após 72h realizando buscas subaquáticas e superficiais, a operação será encerrada ao entardecer desta quinta-feira pelos bombeiros e iniciada pelos tripulantes do Harpia.

Foto: BMES

Equipes vão definir novas estratégias de buscas que serão realizadas na tarde de hoje (15) com sobrevoos na região para tentar localizar o corpo do lutador de Jiu-Jitsu, que está desaparecido há 4 dias, quando foi arrastado pela correnteza da cachoeira.

Felippe submergiu por volta de meio dia de segunda-feira e não foi mais visto pelos amigos que o acompanhavam no passeio. Segundo uma testemunha, e amigo do rapaz, naquele feriado de Nossa Senhora da Penha, o grupo realizou um treino da arte marcial pela manhã e depois seguiram para a cachoeira, onde passariam o dia.

Continua depois da publicidade

O amigo contou que Felippe estava acostumado a ir na queda d’agua e que tinha hábito de frequentar cachoeiras aos fins de semana. Para chegar até o local, os jovens fizeram uma caminhada mata a dentro por uma trilha de difícil acesso.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].