Coronavírus

Brasil novamente supera 2 mil mortos em 24h e supera Índia em número de casos

COMPARTILHE
Foto ilustrativa: Sérgio Lima/Poder360 04.04.2020
87
Advertisement
Advertisement

O Brasil registrou 2.152 novas mortes pela covid-19, o terceiro dia seguido com mais de 2 mil vítimas no País. A média móvel de óbitos semanal, que elimina distorções entre dias úteis e o fim de semana, bateu recorde pelo 14º dia consecutivo e ficou em 1.761 nesta sexta-feira, 12. Com transmissão descontrolada da doença, o País tem visto o colapso de várias redes hospitalares. Governadores e prefeitos têm recorrido a restrições ao comércio e até ao lockdown para frear o vírus. Já o presidente Jair Bolsonaro continua como forte crítico das medidas de isolamento social, recomendadas por especialistas, e afirma temer efeitos negativos na economia.

Continua depois da publicidade

Já o número de novas infecções notificadas nesta sexta foi de 84.047. No total, o Brasil tem 275.276 mortos e 11.368.316 casos da doença, sendo a segunda nação com mais registros, atrás apenas dos Estados Unidos. Na contagem total de infectados, o País superou nesta sexta a Índia, que tem 11.333.484 de contaminados, segundo dados do site Worldometers. No país asiático, porém, os índices de contágio estão em declínio.

Os dados diários do Brasil são do consórcio de veículos de imprensa formado por Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL em parceria com 27 secretarias estaduais de Saúde, em balanço divulgado às 20h. Segundo os números do governo, 10.000.980 pessoas estão recuperadas.

O Estado de São Paulo registrou nesta sexta-feira 521 mortes por coronavírus, um recorde em toda a pandemia. Outros sete Estados também superaram a barreira de 100 óbitos no dia: Minas (213), Rio Grande do Sul (191), Paraná (175), Rio de Janeiro (127), Santa Catarina (125), Goiás (108) e Bahia (101). Em algumas regiões, como no oeste catarinense e na Grande São Paulo, já há relatos de pacientes do coronavírus que morrem à espera de leito de UTI.

Continua depois da publicidade

O balanço de óbitos e casos é resultado da parceria entre os seis meios de comunicação que passaram a trabalhar, desde o dia 8 de junho, de forma colaborativa para reunir as informações necessárias nos 26 Estados e no Distrito Federal. A iniciativa inédita é uma resposta à decisão do governo Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia, mas foi mantida após os registros governamentais continuarem a ser divulgados.

Nesta sexta-feira, o Ministério da Saúde informou que foram registrados 85.663 novos casos e mais 2.216 mortes pela covid-19 nas últimas 24 horas. No total, segundo a pasta, são 11.363.380 pessoas infectadas e 275.105 óbitos. Os números são diferentes do compilado pelo consórcio de veículos de imprensa principalmente por causa do horário de coleta dos dados.

Paulo Favero
Estadao Conteudo
Copyright © 2021 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement
Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].