Economia

Turismo capixaba deixa de faturar R$ 3,77 bi durante a pandemia

COMPARTILHE
222
Advertisement
Advertisement

A crise causada pela pandemia da Covid-19 acertou em cheio o setor do turismo. Com hotéis e restaurantes fechados, e eventos cancelados, somente no Espírito Santo o segmento deixou de faturar R$ 3,77 bilhões durante a pandemia, entre março de 2020 e janeiro de 2021. No país, as perdas somam R$ 274 bilhões. Os números foram divulgados nesta quinta-feira (11), pela Confederação Nacional de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Somente em 2020, o prejuízo no país foi de R$261 bilhões.

Advertisement
Ilustração: reprodução/CNC
Continua depois da publicidade

A gravidade da atual crise no setor se refletiu ainda na dinâmica do mercado de trabalho. Em 2020, a força de trabalho formal do turismo encolheu quase 13% no país – maior queda quando comparada aos demais setores da economia, segundo os dados recentes do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Em termos absolutos, o setor eliminou 397,1 mil postos formais no ano passado. Destacaram-se as perdas com saldos negativos em bares e restaurantes (-211,1 mil), no transporte rodoviário (-90,7 mil), hotéis e similares (-56,5 mil).

Advertisement
Continua depois da publicidade
Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.