Aqui nas Cidades

“Só serve como cabide de emprego”, afirma vereador sobre a Agersa em Cachoeiro

COMPARTILHE
653
Advertisement
Advertisement

O vereador Junior Corrêa (PL) explicou em entrevista ao programa Aqui nas Cidades desta segunda-feira (8), os motivos para ele defender o fim da Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Cachoeiro de Itapemirim (Agersa). Segundo o vereador, a agência, “além de ser ineficiente é cabide de emprego”. A Agência é responsável por fiscalizar e controlar atividades de fornecimento de água, saneamento básico, transporte coletivo urbano, entre outros.
Para Junior Corrêa, a existência de uma agência reguladora é descartável, já que o trabalho de fiscalização deve ficar a cargo das secretarias e do Legislativo.
“O que não pode é a gente continuar desse jeito. Porque não está agradando a população, não adianta eu não falar nada, e continuar na mesmice, a população sempre cobrando e continuando pagando a conta. Tem que mexer, tem que mudar de algum jeito. O que eu questiono é: Para quê criar mais um órgão para fazer algo que as outras instituições podem fazer? As próprias secretarias podem fazer essa regulação”, argumentou o vereador.
Clique Aqui e acompanhe a entrevista na íntegra.

Advertisement
Continua depois da publicidade

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here