Cidades

Qual o futuro do turismo no Patrimônio da Penha?

COMPARTILHE
974
Advertisement
Advertisement

A Polícia Militar precisou intervir para dissipar aglomeração de turistas no distrito de Patrimônio da Penha durante o feriado de Carnaval. Em entrevista ao programa Aqui nas Cidades, que foi ao ar na manhã desta quinta-feira (18) o vice-prefeito Dudu do Queiroz, o secretário de Turismo Arinaldo Garcia e o vereador reeleito de Divino de São Lourenço Ronaldo Neves falaram sobre esse episódio do Carnaval e também sobre o futuro do turismo no local.

Continua depois da publicidade

O Patrimônio da Penha se tornou o destino preferido na região pelas belezas naturais e tranquilidade. Mas, atualmente os moradores não estão tão tranquilos assim, isso porque as aglomerações estão se tornando frequentes por lá. Além disso, a reclamação dos empreendedores locais é que os turistas não estão gastando no comércio local.

“O turista que veio para cá é o turista de praia. Aqueles que vêm com caixa de som e caixa de cerveja de casa, não gasta no local. Foram 30 a 40 coolers de cerveja que as pessoas trouxeram de casa. Os comerciantes vão ganhar dinheiro como, se o que consomem trazem de fora? O recurso não está deixando. Sem contar com os ambulantes vindo de outros municípios para Penha. Foi muito triste”, lamentou o vereador Ronaldo Neves que mora no Patrimônio da Penha, acompanhou tudo de perto. Ainda, segundo ele, “muitos moradores ficaram em casa e não quiseram sair por medo, mesmo não tendo evento na Penha”.

Depois dos registros de aglomeração durante o feriado de final de ano e de Carnaval, várias reuniões com os comerciantes e representantes da sociedade civil do Patrimônio da Penha já estão na agenda do Executivo para discutir medidas de prevenção e ações para os próximos feriados prolongados. Adiantando a pauta, o vereador Arinaldo Garcia afirmou que, durante o feriado da Semana Santa haverá barreira sanitária no distrito.

Continua depois da publicidade

“Tivemos muita gente da região e outros estados no Patrimônio da Penha. Já estamos organizando, durante essa e a próxima semana, junto a associação de moradores, donos de bares, camping e pousadas reuniões para ver o que deu certo e errado. Na Semana Santa com certeza de 100% que terá barreira sanitária”, afirmou Arinaldo.

Estado das estradas

Durante a conversa, os entrevistados foram unanimes em afirmar que medidas para melhorar as condições da estrada que atravessa as comunidades do Patrimônio da Penha, Limo Verde e Santa Marta. A reforma está sendo pleiteada junto ao governo do Estado e até a empresa já está contratada para fazer o calçamento com blocos, em substituição do asfalto. Além do asfaltamento, o desvio do trânsito de caminhões também é estudado.

Advertisement
Continua depois da publicidade

“No Limo Verde já está acontecendo o serviço para passar para calçamento. Infelizmente a empresa que vendeu o bloco não está entregando e o Estado fez um tapa buraco. Tivemos conversas para angariar o apoio do Estado para esse ano ainda ajeitar aquela estrada”, explicou o vice-prefeito Dudu do Queiroz.

“Tem-se uma conversa marcada sobre esse desvio no Patrimônio da Penha. É preciso sentar e colocar nas regras do Estado e Departamento de Estradas de Rodagem (DER) para ver o que vai ser feito. É um anseio de todos na administração e da Câmara a questão do desvio de caminhões de dentro do Patrimônio da Penha”, completou o secretário de Turismo Arinaldo Garcia.

Acompanhe a entrevista completa.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: (28) 3521-7726, [email protected].