Cidades

AVENTURA | Canoístas aproveitam a cheia do Rio Itapemirim para praticar esporte em Cachoeiro; assista

COMPARTILHE
Gladstone Duarte (capacete branco/caiaque azul), Luciano Prates (capacete branco e colete laranja) e Guilherme Tijolo (capacete vermelho/caiaque laranja)
1876
Advertisement
Advertisement

A cheia do Rio Itapemirim que sempre deixa a população em alerta em dias de chuvas volumosas também é oportunidade pra quem quer se aventurar. Três canoístas de Cachoeiro de Itapemirim surpreenderam populares que observavam a subida do afluente neste sábado (20), ao fazerem uma descida radical no rio que corta a cidade.

Continua depois da publicidade

Apesar de muitos considerarem o esporte uma loucura, o professor de Educação Física, Gladstone Duarte, e os amigos, Luciano Prates e Guilherme Tijolo praticam a canoagem há muitos anos e são experientes no esporte.

Segundo Gladstone, o grupo que rema desde 2006 sempre aguarda a torrente do rio para pegar as melhores remadas, e normalmente pratica o esporte em Burarama, interior de Cachoeiro, e no município de Jerônimo Monteiro, onde ficam os melhores cenários para a canoagem.

Continua depois da publicidade

Mas, neste fim de semana, eles desceram próximo à Ilha da Luz e remaram até a localidade da Safra. O canoísta conta que as corredeiras da região central de Cachoeiro são perigosas e é preciso ter muita técnica e cautela para que a aventura não termine em acidente.

Apesar dos desafios, os esportistas são experientes e amam o rio robusto. Segundo Duarte, em dias de cheia, o afluente costuma causar medo e preocupação na população, mas para os canoístas, o Itapemirim é visto como fonte de vida e proporciona momentos de lazer.

Advertisement
Continua depois da publicidade

“Os canoístas são vistos como um bando de malucos, mas de maluco a gente não tem nada. Somos profissionais e sentimos segurança no que fazemos. A população costuma ter medo das cheias e acabam vendo o rio como um mostro, mas para a gente, o rio é fonte de vida, e apesar dos desastres, ele também proporciona diversão. Muitos demonizam o Itapemirim, quando o correto seria preservá-lo ainda mais. O rio é uma das melhores coisas que temos aqui na cidade”, disse o professor que em 2019 ficou em terceiro lugar na categoria principal do Campeonato Brasileiro de Canoagem.

O grupo costuma praticar a remada aos fins de semana, e após o vídeo, alguns aventureiros se interessaram em iniciar no esporte, incluindo o ex-candidato a prefeito de Cachoeiro, Diego Libardi.

 

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].