Esporte Nacional

Goiás empata com o Bragantino, é rebaixado e garante o Santos na Libertadores

COMPARTILHE
14
Advertisement
Advertisement

Goiás e Red Bull Bragantino não saíram do 0 a 0 neste domingo, no estádio da Serrinha, pela 37.ª rodada do Campeonato Brasileiro, em um resultado péssimo para as pretensões de ambos, pois rebaixou o time mandante e ainda garantiu o Santos na próxima edição da Copa Libertadores.

Continua depois da publicidade

Os donos da casa foram aos 37 pontos e caíram, assim como o Botafogo, com 24, e o Coritiba, com 31, enquanto o Vasco, com 38, deve se juntar a eles na quinta-feira, quando será disputada a rodada final.

Os visitantes chegaram a 50 pontos, no 11.º lugar, e não têm mais chances de ir à Libertadores – o Santos, com 54, portanto, está garantido na segunda fase preliminar. O Bragantino, de qualquer forma, carimbou a vaga para a Copa Sul-Americana.

Advertisement

Desesperado para escapar da queda, o Goiás foi “senhor das ações” na metade inicial do confronto. Apesar disso, a primeira boa chegada aconteceu apenas aos 16 minutos, quando Miguel Figueira roubou na intermediária e rapidamente acionou Fernandão.

Continua depois da publicidade

O centroavante perdeu o tempo de bola e acabou finalizando sem precisão, desperdiçando ótimo momento. Os donos da casa voltaram a ameaçar na sequência. Aos 21, Shaylon encontrou Fernandão bem aberto pela ponta direita.

O atacante, sem muito ângulo, arriscou de longe e assustou ao acertar a rede pelo lado de fora. O Bragantino respondeu timidamente aos 26, com Ryller, arriscando de fora e parando no goleiro Marcelo Rangel. Os mandantes, porém, quase abriram o placar aos 30. Jefferson cobrou escanteio, Heron subiu bem e tirou tinta do pé da trave esquerda.

Assim como no primeiro tempo, o Goiás voltou para a etapa complementar ameaçando. Aos sete minutos, os donos da casa encaixaram ótimo contra-ataque até que Fernandão passou para Shaylon, que puxou para o meio e bateu com consciência, da entrada da área. A bola, porém, saiu lambendo o poste esquerdo. O Red Bull Bragantino ameaçou em finalizações de fora da área – primeiro, com Luan Cândido, aos 22; depois, aos 25, com Claudinho. Em ambas as tentativas, o goleiro Marcelo Rangel espalmou e afastou o perigo.

Continua depois da publicidade

Os mandantes responderam aos 27, em cabeceio de Rafael Moura que Cleiton foi buscar. Nos últimos minutos, os dois times se expuseram bastante, mas não capricharam no passe final, mantendo o empate no placar.

Na última rodada, prevista para acontecer às 21h30 de quinta-feira, os goianos visitam o Vasco, em São Januário, no Rio, enquanto os paulistas recebem o Grêmio, no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

FICHA TÉCNICA

GOIÁS 0 X 0 RED BULL BRAGANTINO

GOIÁS – Marcelo Rangel; Shaylon, David Duarte, Fábio Sanches, Heron (Daniel Oliveira) e Jefferson (Douglas Baggio); Henrique Lordelo (Iago Mendonça), Vinícius (Gustavinho) e Miguel Figueira (Índio); Rafael Moura e Fernandão. Técnico: Glauber Ramos.

RED BULL BRAGANTINO – Cleiton; Aderlan (Leandrinho), Fabrício Bruno, Ligger e Luan Cândido; Raul, Ricardo Ryller (Lucas Evangelista) e Claudinho; Artur, Ytalo (Hurtado) e Vitinho (Ramires). Técnico: Maurício Barbieri.

ÁRBITRO – Jean Pierre Goncalves Lima (RS).

CARTÕES AMARELOS – Shaylon e Daniel Oliveira (Goiás).

RENDA E PÚBLICO – Jogo sem torcida.

LOCAL – Estádio Hailé Pinheiro, em Goiânia (GO).

Estadao Conteudo
Copyright © 2021 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: (28) 3521-7726, [email protected].