Geral

Média móvel de mortes por covid-19 fica em 1.051 neste sábado no Brasil

COMPARTILHE
8
Advertisement
Advertisement

A média móvel de mortes por covid-19 no Brasil ficou em 1.051 vítimas neste sábado, 20, de acordo com dados reunidos pelo consórcio de veículos de imprensa. Há mais de um mês que esse número permanece superior a mil. A média leva em consideração os dados dos últimos sete dias e corrige distorções provocadas pela variações nos registros.

Continua depois da publicidade

Nas últimas 24 horas, o País registrou 1.051 novos óbitos e 56.572 novos casos confirmados.

Os números são reunidos pelo consórcio de veículos de comunicação a partir dos registros das secretarias estaduais de Saúde.

Advertisement

O consórcio é formado pelo jornal O Estado de S. Paulo, G1, O Globo, Extra, Folha de S. Paulo e UOL.

Continua depois da publicidade

No total, o Brasil já soma 246.006 mortes desde o início da pandemia, em meio a 10.138.265 diagnósticos confirmados.

De acordo com o Ministério da Saúde, são 9.067939 os recuperados da doença.

A pasta tem em seus registros 245.977 mortes (1.212 nas últimas 24 horas) e 10.139.148 casos (57.472 nas últimas 24 horas).

Continua depois da publicidade

Os números do consórcio diferem dos dados do ministério em razão da metodologia de coleta.

Consórcio dos veículos de imprensa

O balanço de óbitos e casos é resultado da parceria entre os seis meios de comunicação que passaram a trabalhar, desde o dia 8 de junho, de forma colaborativa para reunir as informações necessárias nos 26 Estados e no Distrito Federal.

A iniciativa inédita é uma resposta à decisão do governo Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia, mas foi mantida após os registros governamentais continuarem a ser divulgados.

Redação O Estado de S. Paulo
Estadao Conteudo
Copyright © 2021 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: (28) 3521-7726, [email protected].