Geral

OMS: países e fabricantes devem compartilhar vacinas para controlarmos a pandemia

COMPARTILHE
9
Advertisement
Advertisement

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, defendeu que países e fabricantes de vacinas para a covid-19 compartilhem suas doses com a iniciativa Covax para que a pandemia seja controlada mais rapidamente, durante discurso na Conferência de Munique. Segundo ele, dividir de forma igualitária os imunizantes não é só a “coisa certa” a fazer, mas também a atitude “mais inteligente”.

Continua depois da publicidade

Para o diretor-geral da OMS, a concentração das doses em alguns poucos países ricos causa um atraso na vacinação global, o que dá mais chance ao coronavírus de desenvolver mutações que podem diminuir a eficácia das vacinas. Mesmo assim, ele celebrou o fato de que os imunizantes dão uma “esperança real” de controlar a transmissão do vírus, após um ano de restrições que afetaram a economia global.

Gabriel Caldeira
Estadao Conteudo
Copyright © 2021 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement
Continua depois da publicidade

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: (28) 3521-7726, [email protected].