Internacional

Estados Unidos formalizam retorno ao Acordo Climático de Paris

COMPARTILHE
9
Advertisement
Advertisement

O secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, informou a oficialização do retorno dos Estados Unidos ao Acordo de Paris para o clima nesta sexta-feira, 19. A medida já havia sido comunicada em decreto assinado no dia da posse do presidente Joe Biden, em 20 de janeiro, mas só foi formalizada agora.

Continua depois da publicidade

Em comunicado, Blinken reitera o compromisso da Casa Branca com a agenda climática, que incluirá uma cúpula sobre o tema no dia 22 de abril.

Também exalta o pacto entre nações. “Seu propósito é simples e expansivo: ajudar a todos nós a evitar o aquecimento planetário catastrófico e construir resiliência ao redor do mundo aos impactos das mudanças climáticas que já vemos”, afirmou.

Advertisement

Assinado em 2015, o acordo prevê que a comunidade internacional trabalhe para limitar o aumento da temperatura global a menos de 2ºC – preferencialmente 1,5ºC -, na comparação com os níveis pré-industriais.

Continua depois da publicidade

Em 2017, o ex-presidente dos EUA, Donald Trump, revogou a participação do país no tratado, sob argumento de que ele seria prejudicial aos interesses da indústria americana, mas a decisão foi revertida por Biden.

André Marinho
Estadao Conteudo
Copyright © 2021 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: (28) 3521-7726, [email protected].