Economia

Bolsas de NY fecham em baixa com pessimismo por dados nos EUA

COMPARTILHE
13
Advertisement
Advertisement

As bolsas de Nova York fecharam em baixa hoje, em sessão marcada por indicadores com resultado abaixo do esperado nos Estados Unidos, levando pessimismo ao mercado. Por parte dos balanços, o Walmart decepcionou investidores e teve recuo em suas ações. Com baixa nos preços do petróleo, o setor de energia também foi responsável por algumas quedas. O ramo de tecnologia teve baixas importantes, mas o Twitter contrariou a tendência e avançou em mais uma sessão. No noticiário, o dia foi marcado pela audiência na Câmara dos Representantes dos EUA sobre os movimentos especulativos do caso da Gamestop.

Continua depois da publicidade

O índice Dow Jones fechou em baixa de 0,38%, aos 31.493,34 pontos, o S&P 500 teve queda de 0,44%, a 3.913,97 pontos, e o Nasdaq recuou 0,72%, a 13.865,36 pontos.

Os novos pedidos de auxílio-desemprego nos EUA registraram alta de 13 mil na semana passada, a 861 mil, de acordo com dados do Departamento do Trabalho divulgados hoje. O total de solicitações veio acima da expectativa de analistas, que previam 773 mil pedidos. O resultado foi uma percepção de pessimismo com a economia dos EUA ao longo da sessão. A porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, afirmou que os dados reforçam a necessidade de aprovação do pacote fiscal de US$ 1,9 trilhão proposto pelo presidente americano, Joe Biden, e que tramita no Congresso.

Advertisement

Outro fator de cautela no mercado foi a publicação do balanço do Walmart, que registrou prejuízo líquido de US$ 2,09 bilhões em seu quarto trimestre. Como resultado, os papéis da empresa varejista recuaram 6,48%. Concorrentes do setor, Kroger (-1,54%) e Cotsco (-0,31%) também tiveram perdas durante a sessão.

Continua depois da publicidade

Com o petróleo recuando em Londres e Nova York após altas seguidas, ações de companhias do setor de energia foram responsáveis por importantes perdas, com as petroleiras Chevron (-0,96%) e ExxonMobil (-1,57%). Em tecnologia, algumas das grandes empresas do setor pressionaram o Nasdaq, como Facebook (-1,53%) e Apple (-0,86%). Por outro lado, o Twitter, que vem sendo negociado próximo à alta histórica, avançou em mais uma sessão, subindo 0,65%.

Em audiência no Comitê de Serviços Financeiros da Câmara dos Representantes dos EUA sobre o movimento especulativo que impulsionou os papéis da Gamestop no final de janeiro, alguns envolvidos se defenderam das acusações. O CEO da Robinhood, Vlad Tenev, afirmou que o “modelo de negócios está funcionando para os americanos comuns”. Já as ações da Gamestop despencaram 11,43% no dia.

Matheus Andrade
Estadao Conteudo
Copyright © 2021 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: (28) 3521-7726, [email protected].