Eleições 2020

“Vamos continuar investindo em obras estruturantes e de mobilidade urbana”, diz Victor Coelho em posse na Câmara

COMPARTILHE
Divulgação PMCI
238
Advertisement
Advertisement

O prefeito reeleito de Cachoeiro de Itapemirim, Victor Coelho (PSB), tomou posse durante cerimônia realizada na tarde desta sexta-feira (1), na Câmara Municipal. Além dele, seu vice, Ruy Guedes (Podemos), e 19 vereadores também assumiram seus respectivos cargos.

Continua depois da publicidade

Em seu discurso de posse, Victor lembrou de uma mesma tarde quente, em janeiro de 2017, quando foi empossado para o primeiro mandato à frente da prefeitura de Cachoeiro. Disse que diferente daquele momento, hoje tem um olhar mais amadurecido e realista sobre a missão que escolheu continuar.

Victor Coelho lembrou que foram quatro anos de muita luta. “Reorganizamos diversos setores estagnados; eliminamos excessos de burocracia, na própria gestão e nos processos administrativos, e promovemos acessibilidade e mobilidade urbana. Isso demorou mais que imaginávamos. Paralelo a isso, enfrentamos greves, epidemias, enchentes e, agora, uma pandemia”, destacou.

O prefeito reeleito ressaltou que apesar dos desafios, Cachoeiro avançou em diversas áreas: na educação, na saúde, nas políticas sociais, na infraestrutura da cidade, no esporte, no lazer, na agricultura, na segurança e na cultura. O município saiu da 34ª posição no ranking da transparência para o sexto lugar, sendo Nota A em gestão fiscal pelo Tesouro Nacional.

Continua depois da publicidade

Ele citou também que foram resolvidos problemas históricos na cidade, como o plano de cargos e salários dos servidores municipais, a volta da Guarda Civil armada, depois de 14 anos e a conquista do novo plano de carreira da categoria.

“Em quatro anos, somamos mais de R$ 54 milhões em captação de recursos, a maior soma dos últimos anos. Em quatro anos, não sofremos nenhum processo de improbidade em nossa administração. Nada que desabonasse nossa conduta”, frisou Victor.

Ruy Guedes destaca momento marcante

Advertisement
Continua depois da publicidade

O vice-prefeito eleito, Ruy Guedes Barbosa Junior, que atuou no primeiro mandato como secretário de Segurança e que coordenou as ações do Sistema de Comando Operacional (SCO) no combate ao coronavírus, disse em seu discurso que este é um dos momentos mais marcantes da sua vida e da carreira profissional. “Assumir uma missão tão importante, dentre tantas outras que já vivenciei em 30 anos de carreira militar, me orgulha profundamente e me dá uma responsabilidade ainda maior como servidor público”, afirmou.

Guedes frisou as ações de valorização da Guarda Municipal, na época em que foi secretário, com destaque para o planejamento do plano de carreira, rearmamento e atualização dos agentes para o uso de novos equipamentos, fortalecimento das políticas de enfrentamento da violência contra a mulher (RAFA) e de proteção aos estudantes (ROPE) e aos jovens (Guarda Mirim); além de investimento em tecnologia no videomonitoramento.

“E, agora, com mais essa missão dada pelo prefeito, de caminhar ao seu lado, na próxima gestão, coloco-me à disposição para quaisquer atribuições que venham a somar no resultado que, na verdade, beneficia a população, os cachoeirenses que merecem serviços eficientes e de qualidade. Vim para somar. Melhor, para multiplicar”, disse Ruy Guedes.

Novos desafios

Para os próximos quatro anos, Victor Coelho afirmou que a prefeitura continuará investindo em obras estruturantes, principalmente, nos bairros onde, historicamente, as pessoas recebem menor atenção do poder público. “Quero renovar nosso compromisso de continuar avançando também em grandes obras de mobilidade urbana, como a Rodovia do Caramba, a ponte que liga o Rubem Braga ao Valão, dentre outras propostas em nosso plano de governo”, disse.

No campo econômico, o prefeito ressaltou que com a cidade nos trilhos do desenvolvimento, a sua gestão vai continuar atraindo novos empreendimentos, para geração de emprego e renda para o cachoeirense, facilitando o caminho para quem quiser investir no município.

Victor Coelho concluiu seu discurso dizendo que não é o momento de perder tempo com debates vazios, não levando em conta que há um inimigo em comum: um vírus invisível e mortal.

“É contra ele que devemos lutar, não uns contra os outros. A cidade precisa se unir. A chegada da vacina, prevista para início de 2021, trará uma luz nova para a área da saúde. Mas não minimizará os efeitos econômicos da pandemia. Teremos muito a fazer pela nossa cidade. Emprego, renda e o sustento das famílias serão pautas prioritárias, num cenário ainda devastador na economia, não só em Cachoeiro de Itapemirim, mas no mundo inteiro. Nossa missão será, mais uma vez, desafiadora”, destacou Victor.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here