Segurança

PC prende assaltante que deixou jovem empresário paraplégico durante roubo em Cachoeiro

COMPARTILHE
2165
Advertisement
Advertisement

Após três meses de investigação, a Delegacia Especializada em Investigação Criminal (Deic) em Cachoeiro identificou e prendeu na tarde desta quarta-feira (18), um dos dois acusados de uma tentativa de latrocínio ocorrido contra dois empresários em Cachoeiro de Itapemirim. Uma das vítimas, de 27 anos, ficou paraplégico.

Continua depois da publicidade

O crime aconteceu no dia 3 de agosto. Os criminosos abordaram as vítimas, pai e filho, proprietários de uma empresa distribuidora de gás de cozinha e água mineral após eles estacionarem o veículo HB 20, cor preta, com um malote contendo R$ 64.000,00 sendo R$ 44.000,00 em espécie e R$ 20.000,00 em cheques para deposito bancário no centro da cidade.

Após apontarem uma arma para as vítimas e exigir o malote, ao tentarem sair com a bolsa, um dos criminosos efetuou cinco tiros contra o jovem empresário e a dupla fugiu com o dinheiro. Após ficar em estado grave no hospital, a vítima de 27 anos se recuperou, mas teve graves sequelas ficando paraplégico.

De acordo com a Deic, durante as investigações, a equipe apurou que a motocicleta utilizada no crime era do próprio piloto, B.G.C., de 30 anos e do carona, G.S.M., 28. No dia seguinte ao roubo, B.G.C. comprou um veiculo VW Gol, pelo valor de R$ 18.000,00 em espécie em uma revenda em Cachoeiro.

Continua depois da publicidade

Durante as buscas, a Deic apreendeu o Gol na praia de Cações, em Marataízes, na posse de um amigo de B. e uma bolsa contendo todos os cheques da empresa as margens da rodovia Safra x Marataízes, além de R$ 4.700,00 em espécie que estão a disposição da Justiça.

Segundo o delegado titular da Deic, Rafael Amaral, após todo procedimento investigativo, provas testemunhais, indícios, apreensões e demais peças no inquérito policial, representou junto a Justiça pelo mandado de prisão dos dois suspeitos.

Após expedição dos mandados, os policiais da Deic passaram a monitorar e, hoje, por volta das 14 horas, os investigadores se depararam com um dos acusados, G.S.M, o carona da motocicleta, que efetuou os disparos contra o empresário, pilotando uma motocicleta Honda Twister cor amarela. O acusado foi seguido e, ao tentar entrar em um hipermercado, recebeu a ordem prisão.

Advertisement
Continua depois da publicidade

G.S.M. foi conduzido para a Delegacia Regional e será encaminhado para o CDP de Cachoeiro. O outro acusado, piloto da motocicleta, não foi encontrado e está na condição de foragido da Justiça.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.