Eleições 2020

Jauhar ganha direito de resposta após chapa de Simone Biondo publicar fake news em Guaçuí

COMPARTILHE
4358
Advertisement
Advertisement

O candidato a prefeito de Guaçuí, Marcos Jauhar (Republicanos) conseguiu na Justiça Eleitoral uma liminar que lhe garante direito de resposta contra a coligação “Guaçuí, o futuro é agora”, após a chapa de Simone Biondo (DEM) espalhar fake News.

Continua depois da publicidade

Jauhar entrou com a representação Nº 0600541-16.2020.6.08.0013, na 13ª Zona Eleitoral de Guaçuí, em contra a coligação de Simone e Pedro Paulo Viana, conhecido como “Pedrinho”. “Consta da inicial que os representados tem disseminado “fake news”, através de um vídeo enviado pela plataforma WhatsApp e redes sociais, dizendo que Jahuar representa a volta do coronelismo e da ditadura militar, que o mesmo irá instituir toque de recolher às 10 horas da noite no município e que ainda irá confiscar carros e motocicletas irregulares na zona rural”, diz trecho do processo.

Nos autos, foram anexados a degravação integral do conteúdo do vídeo, fotos do Pedro Rocha Viana presente nas convenções da coligação de Simone, print de gravações de vídeos e o vídeo integral de Pedrinho verbalizando as afirmações apresentadas.

Em sentença proferida neste domingo (8), o Juiz Eleitoral Eduardo Geraldo De Matos determinou que os citados removam, de quaisquer redes sociais, o vídeo citado no processo, sob pena de multa diária de R$ 5 mil por grupo do WhatsApp; divulguem novo vídeo, nas mesmas redes sociais, inclusive enviando cópia do novo vídeo ao candidato Jauhar, fazendo a retratação das notícias falsas e se abstenham de praticar propaganda negativa em suas redes sociais em desfavor do republicano, sob pena de aplicação de multa e outras medidas cabíveis.

Continua depois da publicidade

Veja a sentença clicando aqui!

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: (28) 3521-7726, [email protected].