Cidades

Grupo realiza trilha de Guaçuí até a Pedra dos Pontões em Mimoso do Sul

COMPARTILHE
327
Advertisement
Advertisement

O final de semana foi de muita aventura e emoção em um clima off-road para um grupo de aproximadamente 50 trilheiros de quadriciclo e motos de Guaçuí. No último sábado (21), o grupo “Amigos do Quadriciclo” realizou o 1º Circuito Guaçuí x Pedra dos Pontões, em Mimoso do Sul.

Continua depois da publicidade

Com um trajeto de aproximadamente 100 km, em ida e volta, o grupo saiu de Guaçuí às 9h e pisaram em terra novamente no município por volta das 19h. De acordo com o organizador e criador do grupo, Valmir Pinto Marques, a escolha da trilha se deu por ser um ponto turístico de grande beleza e pouco conhecido pelos capixabas.

“A Pedra dos Pontões é um lugar muito bonito e diferenciado. Uma trilha gostosa de ser feita e que apresenta um nível mediano de dificuldades. Fizemos uma parada breve na Vila do Café, e na hora do almoço, foi um churrasco na casa de um amigo”, explica Valmir.

O organizador explica que o grupo foi criado há quatro anos, mas que ele já percorreu esta trilha por mais de 10 vezes, o que deu uma experiência para guiar os trilheiros durante a aventura. “O percurso conta com obstáculos naturais, lama, mata e outros adversidades, mas é compensador quando chega ao ponto turístico, e se depara com a beleza do lugar. Eu sempre vou à Pedra dos Pontões, e um amigo viu as fotos me pediu para leva-los”, afirma.

Continua depois da publicidade

Os amantes do turismo de aventura não param por aí, e já planejam uma próxima trilha, mas não tem nada definido, apenas que o 2º circuito acontecerá pelo litoral Sul Capixaba.  Valmir destaca que caso tenham interesse em participar a única necessidade é ter um veículo de trilha, ou ser amigo de alguém que possua e entrar em contato com Valmir pelo telefone (28)99976-4664.

Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].