Economia

Cachoeiro é destaque nacional em sustentabilidade fiscal e funcionamento da máquina pública

COMPARTILHE
763
Advertisement
Advertisement

Cachoeiro de Itapemirim é a segunda cidade mais competitiva do Espírito Santo, atrás apenas da Capital do Estado, Vitória. E no quesito sustentabilidade fiscal e funcionamento da máquina pública, o município se destaca em nível nacional, ocupando a 52ª posição e à frente de outros 353 municípios do país.

Continua depois da publicidade

“Cachoeiro chegar a essa posição no pilar que considero o mais importante é excelente. São dois fatores fundamentais para o crescimento do município, que é a organização interna e a responsabilidade fiscal, ou seja, manter a arrecadação sempre maior do que a despesa. E Cachoeiro está muito bem posicionada, está no 52ª lugar num universo de 405 cidades”, avalia o secretário de Desenvolvimento Econômico do município, Francisco Montovanelli.

O estudo, que foi divulgado nesta semana e faz parte do Ranking de Competitividade dos Municípios, mostra que o município é um dos melhores para se investir no Espírito Santo – atrás apenas da Capital, Vitória – e no país, onde ocupa a 138ª posição entre os locais pesquisados.

No pilar sociedade, Cachoeiro ocupa a 65ª posição no país e 2ª no Estado, atrás apenas de Vitória. Esse item se divide em saúde, educação, saneamento e meio ambiente, entre outros.  Já a economia, conforme o estudo, se subdivide em inovação e dinamismo econômico. Nesse pilar, Cachoeiro está em 186ª lugar. Ele versa sobre a infraestrutura e ações proativas voltadas para o desenvolvimento econômico.

Continua depois da publicidade

“Estamos criando medidas de desburocratização e a lei de incentivo fiscal em Cachoeiro, o que nos colocou numa ótima posição no ranking. Nós ainda regulamentamos a lei geral da micro e pequena empresa no município e fizemos uma nova tabela que reduziu em mais de 50% o valor dos investimentos que as empresas pagam em caso de terem de fazer indenização como contrapartida ao impacto ao se instalar na cidade”, destaca Montovanelli.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.