Nutrição e Boa Forma

Fumar também compromete a saúde da pele

COMPARTILHE
10
Advertisement
Advertisement

Continua depois da publicidade

Fumar provoca diversos problemas para a saúde, comprometendo bastante a qualidade de vida. Além de afetar os pulmões, esse hábito também faz mal para a aparência. Isso porque a fumaça do cigarro provoca o envelhecimento precoce das mãos, pescoço e rosto.

Em linhas gerais, o cigarro compromete a pele tanto quanto se expor ao sol sem usar o protetor adequado. O tabagismo reduz a quantidade de oxigênio e nutrientes, estimulando a produção de radicais livres. Na prática, isso significa que a pele dos fumantes envelhece muito mais rápido.

Continua depois da publicidade

Cuidados

Continua depois da publicidade

Para os fumantes, tratamentos de beleza não apresentam resultados satisfatórios. Aliás, o rosto é a parte do corpo mais afetada, sofrendo com o aumento no número de rugas mais profundas. A formação do colágeno também tem a sua formação alterada.

Como atua diretamente na corrente sanguínea, o cigarro provoca danos aos cabelos, já que as células não conseguem reter corretamente água e vitaminas, sem a circulação correta de nutrientes. Além de comprometer a aparência, o cigarro ainda prejudica o sistema imune dos fumantes, deixando a pele vulnerável a doenças.

Abandonar o vício pode não ser uma tarefa tão fácil, mas não é impossível. Mudar os hábitos facilita no combate ao problema. Alguns medicamentos também ajudam nessa missão. Por isso, conte com a ajuda de um médico especializado. É importante ainda manter uma dieta equilibrada e praticar atividade física regularmente.

Júnior Batista
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão. Todos os direitos reservados.

Advertisement
Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.