Cidades

Veja a situação das cidades mais atingidas pelas chuvas no Sul do ES

COMPARTILHE
Foto: reprodução/redes sociais
3620
Advertisement
Advertisement

Os maiores acumulados de chuva no Espírito Santo, nas últimas 24 horas, foram em Vargem Alta, onde choveu 196 mm, Castelo (112,2), Cachoeiro de Itapemirim (107,59) e Rio Novo do Sul (102,60).  Os dados foram divulgados pela Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil, órgão pertencente ao Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Espírito Santo. Há alto risco de desabamentos em Vargem Alta e Castelo.

Veja a situação das cidades mais atingidas pela chuva:

Continua depois da publicidade

Vargem Alta

A comunidade do Morro do Sal estava sem acesso devido a cheia do rio que subiu de nível inundando as duas passagens para este local.

Em Jaciguá, uma pessoa ficou presa dentro de um veículo após atolar sobre a lama e foi socorrida por populares. A localidade está sem acesso devido a deslizamentos que estão obstruindo as vias.

Continua depois da publicidade

Em Córrego Alto, sem acesso devido a ponte de acesso danificada.

Em Córrego do Ouro, sem acesso com veículos devido a inundações.

Em Prosperidade, sem acesso devido a ponte de acesso danificada.

Advertisement
Continua depois da publicidade

No centro, inundação causada pelo transbordo do Rio Novo causou alagamento de vias.

Cachoeiro de Itapemirim

Alguns distritos estão com as vias de acesso bloqueadas por conta da água da chuva.

Foram registradas quedas de árvores em algumas localidades.

Rio Novo do Sul

Duas pontes foram levadas no distrito de Princesa, próximo à divisa com Iconha.

Há vários pontos de alagamento no município.

Rodovias

A ES-185 e a ES-387, que ligam Ibitirama a Alegre estão interditadas devido à queda de árvores e barreiras. Equipes estão no local para desobstrução.

A ES-181 está interditada em Anutiba, Alegre, devido ao transbordamento do córrego Anutiba.

Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.