Segurança

Suspeito de abusar sexualmente de duas crianças é preso pela Polícia Civil no ES

COMPARTILHE
imagem ilustrativa
631
Advertisement
Advertisement

A equipe da 16ª Delegacia Regional de Linhares, em conjunto com policiais civis de Sooretama e Rio Bananal, prendeu, nesta sexta-feira (16), um homem de 36 anos, suspeito de abusar sexualmente de duas crianças de 10 e 11 anos de idade. O mandado de prisão preventiva foi cumprido em um distrito de Linhares.

Continua depois da publicidade

“Segundo as investigações, esse homem é casado e permitia que duas meninas, uma de 10 e outra de 11 anos, brincassem com seu filho, também de mesma idade. No entanto, quando ele ficava sozinho com as crianças, durante essas brincadeiras, ele se masturbava na presença das meninas”, informou o chefe da 16ª Delegacia Regional de Linhares, delegado Fabrício Lucindo.

Ainda de acordo com o delegado, o caso foi denunciado na Delegacia de Linhares. “Foi feita a investigação e comprovada a prática do crime. O inquérito foi concluído e encaminhado à Justiça. O preso foi levado à delegacia e, depois de interrogado, confessou o crime. Agora, ele responderá pelo crime de estupro de vulnerável. Após os procedimentos de praxe, ele foi encaminhado à Penitenciária Estadual de Vila Velha V (PEVV-V)”, destacou Lucindo.

Outra prisão

Continua depois da publicidade

Policiais civis da 16ª Delegacia Regional de Linhares também prenderam, na madrugada desta sexta-feira (16), um jovem de 21 anos investigado pelo crime tráfico de drogas. A ação aconteceu no bairro Movelar, no município.

O responsável pelo caso, delegado Fabrício Lucindo, explicou que contra esse detido havia um mandado de prisão preventiva. “Ele foi conduzido à delegacia e, depois de interrogado, foi levado ao Presídio Regional de Linhares (PRL), onde permanece à disposição da Justiça”, disse.

 

Advertisement
Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here