Cidades

Guaçuí passa a ser monitorada por 21 câmeras a partir da próxima semana

COMPARTILHE
1348
Advertisement
Advertisement

Moradores de Guaçuí vão contar, a partir da próxima semana, com mais uma ferramenta para auxiliar na segurança pública da cidade. Na terça-feira (3), será feita a inauguração oficial do videomonitoramento, conquistado com recursos próprio do município e que será operado por policiais militares, na sede da companhia da PM.

Continua depois da publicidade

Se tudo correr da forma esperada – já que a transição da operação entre prefeitura e Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) inclui processos burocráticos – as câmeras devem começar a operar até o fim da semana que vem.

A ordem de serviço para instalação do videomonitoramento em Guaçuí foi assinada no dia 1º de fevereiro do ano passado e a instalação das câmeras e do sistema começou no dia 4 do mesmo mês.

Foram mais de 60 dias para a instalação de 21 câmeras feita por uma empresa contratada pela Prefeitura, que investiu em recursos próprios, R$ 167.921,00.

Continua depois da publicidade

Pontos estratégicos da cidade e parte da zona urbana guaçuiense receberam as câmeras com capacidade para monitorar em tempo real ações suspeitas, ajudar na identificação de criminosos e foragidos, além de inibir a ação de bandidos nestes locais.

Depois da instalação, foi iniciado processo para que o sistema fosse assumido pela Sesp, mais especificamente pela Polícia Militar, o que demandou, segundo a Prefeitura, um tempo maior do que o esperado, devido a questões administrativas e legais.

Para a prefeita Vera Costa, essa é uma prioridade de sua administração e muito solicitada pela comunidade, principalmente, pelos empresários da cidade. “Essa sempre foi uma prioridade de nossa administração que vamos concretizar, para oferecermos mais segurança para os guaçuienses, numa parceria com o Governo do Estado”, afirma.

Advertisement
Advertisement

Ajude o bom jornalismo a nunca parar! Participe da campanha de assinaturas solidárias do AQUINOTICIAS.COM. Saiba mais.