Internacional

França tem recorde de casos de Covid e estende toque de recolher a 2/3 da população

COMPARTILHE
Joséphine Brueder / Ville de Paris
136
Advertisement
Advertisement

O governo da França anunciou que vai estender o toque de recolher para mais regiões do país, afetando agora 46 milhões de pessoas – dois terços da população. A decisão vem após o constante aumento no número de diário de casos de Covid-19. Após o anúncio, as autoridades de saúde francesas registraram mais 41.622 contaminações pelo novo coronavírus, recorde desde o início da pandemia. Agora o país se aproxima de 1 milhão de infecções – são 999.043 até hoje. Já as mortes somam 34.210.

Continua depois da publicidade

O primeiro-ministro francês, Jean Castex, anunciou que as medidas de toque de recolher da Covid-19 serão estendidas a mais 38 distritos por seis semanas. “A segunda onda está aqui, a situação é grave”, disse, em coletiva.

A Alemanha também registrou um recorde de casos diários. Com 11.287 casos registrados nas últimas 24 horas, de acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), o país totaliza agora 392.049 casos confirmados e 9.905 mortes.

Na Grécia, o governo vai impor um toque de recolher nas áreas mais afetadas pelo novo coronavírus. O primeiro-ministro, Kyriakos Mitsotakis, anunciou hoje que as restrições vão incluir várias áreas do país, incluindo Atenas. A medida deve entrar em vigor a partir de sábado, 24.

Continua depois da publicidade

“O objetivo é restringir os movimentos e as reuniões noturnas que favorecem a disseminação do vírus. Talvez seja menos divertido por um tempo, mas significaria mais saúde a longo prazo”, disse Mitsotakis. De acordo com a OMS, já são 27.334 casos confirmados no país e 534 mortes.

Matheus de Souza
Estadao Conteudo
Copyright © 2020 Estadão Conteúdo. Todos os direitos reservados.

Advertisement
Advertisement

O conteúdo do AQUINOTICIAS.COM é protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não é permitida a sua reprodução total ou parcial sob pena de responder judicialmente nas formas da lei. Em caso de dúvidas, entre em contato: [email protected].

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here